sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

porque o meu sorriso tem um nome .... Laura Daisypath Happy Birthday tickers online
Domingo, 30 de Março de 2008

Parabéns, meu amor!

As palavras fiquem aquém quando se trata de expressar o que sinto pela minha filha, pela dona do meu sorriso, pela Laura. Não há vocabulário que condense tudo o que ela me inspira, a própria palavra Amor parece tão insuficiente...

 

Foram nove meses de pura felicidade e descoberta. Tem sido uma aventura fascinante acompanhar o crescimento da Laura. Mais do que nunca sinto que o tempo galopa e arrasca-nos consigo numa onda que nos engole vivos. Pudera eu desacelará-lo... A Laura trouxe-me a real noção da passagem do tempo. É ela que se encarrega de lembrar que todos os segundos são preciosos e insuficientes. Sinto isso mais que nunca.

 

Neste momento ela dorme no seu quarto. A casa está em sossego, mas a presença dela está em todo o lado. Sejam fotos, brinquedos ou outros objectos,  a minha Laura já escreveu a sua pequena história neste espaço, a sua presença já é incontornável, mesmo no silêncio, mesmo na calma da noite... Se faz isso à casa, imagine-se o que não fará àqueles que a amam mais que a si mesmos.

 

E voltamos ao início... Não há palavras, mas há uma vontade férrea de gritar bem alto que o meu sorriso tem e sempre terá o seu nome, que a minha vida nunca mais será a mesma porque deixou de me pertencer para lhe pertencer, que sempre a tenho na retina e no coração e que tudo farei para que o seu sorriso doce e expressivo nunca esmoreça... Como a amo e como a quero proteger!!!

 

Parabéns, meu Amor!

 

:o))))))))))))))

 

 

 

publicado por mil sorrisos às 00:31
link do post | sorri-me | ver sorrisos (2) | favorito
Quarta-feira, 19 de Março de 2008

Prenda para o Pai

 

Pois é, bem sei que sou pequenina e que nem sequer ando no jardim infantil, mas não foi por isso que deixei de oferecer uma coisa especial ao meu pai. A minha mãe, criativa como sempre, pôs em prática uma sugestão que  fizeram aqui. Vejam o resultado final. O meu Pai adorou. Este foi a primeira de muitas prendinhas que pretendo fazer nos próximos anos. Sei que ele vai guardar tudo com muito carinho, para mais tarde recordar...

:o)))))))))))))

publicado por mil sorrisos às 23:47
link do post | sorri-me | ver sorrisos (3) | favorito

Ao meu pai

Psiuuuuuuu... estou a teclar baixinho para a mãe não ouvir. Mais uma vez apanhei-a distraída e roubei-he as teclas, mas desta vez é pela melhor das causas. Venho falar-vos do meu PAI.

 

Dizem que sou muito parecida com ele. A imagem que o espelho nos devolve não deixa dúvidas; o meu nariz e boca têm o mesmo formato. Para além disso,  herdei dele algumas expressões que lhe são peculiares como o franzir do sobrolho ou o sorriso "selecto", como lhe chama a minha querida avó.

 

Sabem que é o meu pai que me dá a sopinha e a papinha? Pois é! Gosto tanto desses momentos! É nessa altura que entram as cantorias e ele, coitado, é uma autêntica cana rachada, mas tão cheio de boas intenções! Não fosse a voz melodiosa da minha querida mãe nos duetos e eu desesperaria.

 

Outra coisa que adoro é quando ele me leva ao quintal, ao pé do Lord, o nosso rafeiro certificado. É tão engraçado o cão! Estou desejosa de começar a andar para correr atrás dele e puxar-lhe o rabo!

 

E o banho??? O meu pai gosta de me ver chapinhar e incentiva-me a fazer tropelias. Desde pequenina que tenho o hábito de lhe segurar um dos dedos da mão direita durante a bela da banhoca. Quer dizer, agora já é mesmo a mão inteira que um dedo é pouco. Já tenho oito meses, ora essa! É sempre ele que me tira da banheira e enrola na toalhinha. Gosto tanto!

 

O meu pai é forte e pega-me de mil e uma maneiras diferentes. Sinto-me segura e protegida nos seus braços e adoro enroscar-me e encostar a minha cabeça ao seu peito. Ainda hoje consegue adormecer-me tão bem!

 

Banho, comer, fraldas, brincadeira, cantorias... o meu pai toma bem conta destes recados todos, só nunca deu maminha porque não pode! Sinto a falta dele durante o dia e sei que ele adora chegar a casa, depois de um dia de trabalho, e mimar-me.

 

Sabem o que adoro mesmo muito??? Ao fim de semana, quando acordo, ter o pai e a mãe ali. Durante a semana o pai acorda cedo e só o vejo ao fim do dia, mas ao sábado e ao domingo a mãe levanta-me da minha caminha e coloca-me no meio dos dois. Hummmmmm...tão bom! Que conforto quentinho! Estico os bracitos e toco-lhes na cara ao mesmo tempo como a dizer-lhe Gosto tanto dos dois! Obrigada por estarem aqui! O meu pai, entretanto, já me faz cócegas e eu rio, rio... Está desejoso que eu cresça para depois fazermos os dois cócegas à mãe. Ela tem imensasssssss!

 

Que mais posso dizer do meu querido pai? Está muito presente na minha vida e quero que continue sempre por perto. Quero que me leve, pela mão, à escola,  que me leve ao cinema e teatro, que me ensine a nadar, que me ajude nos estudos, que me aconselhe e acarinhe sempre, como até aqui. Vamos fazer tantas coisas juntos!!!! E vai ser tão bom!!!!!!

 

Adoro-te, PAI querido da Laura!

publicado por mil sorrisos às 23:10
link do post | sorri-me | ver sorrisos (4) | favorito
Sexta-feira, 14 de Março de 2008

Notícias fresquinhas!

Ora bem... o que posso dizer relativamente à mudança recente da Laura para o seu quartinho? Tem corrido muito bem!!!! Não estranhou nada e tem, inclusive, acordado menos vezes. O ritual não sofreu grandes alterações. A saber:

. entre as 21 e as 21.30, banhinho. O banho sempre lhe foi dado no quarto, pelo que o espaço já lhe era bastante familiar;

. entre as 21.30 e as 22 horas, biberon, 200 ml de leitinho que ela adora. Costumo dar-lho na sala, com luz ambiente e televisão ligada, mas com som baixinho. É aí, na sala, que acaba por adormecer, ao meu colo;

. levo-a para o quarto onde a deito sem acender a luz;

. o intercomunicador é ligado;

. o quarto fica completamente às escuras. A escuridão total nunca fez confusão à Laura, foi habituada a ela desde sempre;

. de vez em quando acorda, mas basta ir até ela, tocar-lhe no rosto ou ajeitar-lhe a chucha para sossegar;

. acorda para beber leitinho uma vez, durante a noite. Acontece entre as 5 e as 6 da manhã. Antes de me deitar faço um biberon de leite que meto num termo. Levo o termo e o biberon para o meu quarto. Quando chega a hora, está tudo preparado e torna-se rápido e cómodo para mim;

. ela bebe o leite e adormece rapidamente;

. por volta das 7.30 (religiosamente!) acorda e levo-a para a minha cama. Já quando dormia no nosso quarto acontecia isso. A recta final da noite é ao pé da mãe, quentinha e aninhada. A essa hora o pai já se levantou;

. acorda por volta das 9.30, super bem disposta. Fico com ela, às escuras, durante um bocadinho. Depois acendo a luz e ficamos outro bocadinho. Só depois me levanto e abro a janela.

 

Mais uma etapa, mais uma adaptação. O quarto ficou enorme e vazio. De noite, às escuras, ainda parece que circulo em volta do local onde estava a caminha dela. Enfim... Nas duas primeiras noites dormi mal, sempre alerta, sempre à espera de a ouvir, habituada a todos os pequenos barulhos, desde o respirar ao agitar dos lençóis. Resisti à tentação de a ir espreitar; pensei que isso poderia acordá-la e estaria a abrir um precedente. Agora já não me custa tanto.  Felizmente correu tudo pelo melhor. A Laura, aos oito meses e qualquer coisa, começou a conquista do seu próprio espaço. Muito cedo? Demasiado tarde? Cada cabeça sua sentença, é mais que sabido, mas parece-me que apostei na altura certa. Vamos ver...

 

:o)))))))))))))))

 

 

publicado por mil sorrisos às 00:02
link do post | sorri-me | ver sorrisos (6) | favorito
Segunda-feira, 10 de Março de 2008

Um blog inesperado

Mais um... Não resisti ao convite que a querida Ana me endereçou. A escrita criativa sempre me encantou e é algo de que gosto particularmente. Assim, surge este novo espaço, Uma história inesperada - Um blog que é um caderno. Três autores. Uma história escrita ao sabor da inspiração de cada um. Muitas surpresas.

A ideia é escrever a seis mãos, as nossas e as do Marco. A ideia original é da Ana e o conceito é simples e surge descrito no próprio blog: A única regra entre os autores é que nenhum pode escrever dois post seguidos. Tem de haver sempre outro a acrescentar algo novo à narrativa, antes de um de nós lhe dar continuidade. A história é inesperada para todos :)

Estão todos convidados a entrar e a participar com as vossas sugestões. Já agora, aproveito a oportunidade para recordar que o meu ler devagar está aqui mesmo ao lado. Espreitem!

:o))))))))))))

publicado por mil sorrisos às 22:52
link do post | sorri-me | ver sorrisos (1) | favorito

Dia D!

Pois é, hoje é um dia importante cá em casa. A Laura dorme no quartinho dela pela primeira vez!!! Já devia ter sido mais cedo, mas só há umas semanas é que ela deixou de mamar em definitivo. Até então, era mais confortável/prático para mim tê-la ali, mesmo ao meu lado.  Estou curiosa para ver como vai ser, mais curiosa que apreensiva. Quando a coloquei lá, há pouco, já dormia, nem se apercebeu que o espaço é diferente. O momento crucial será quando abrir a pestana para beber o biberon, lá para as 5/6 da manhã. Está tudo preparado. O intercomunicador funciona muito bem. Qualquer roçar de lençois se ouve na perfeição. O quarto dela está mesmo em frente ao nosso.  Vamos ver...

De repente, o nosso quarto parece enorme e vazio! Foram muitos meses com a caminha dela ali, com ela ali... Mais uma etapa no crescimento da Laura, mais um vínculo que é cortado... A minha menina cresce a olhos vistos!!!

Darei notícias a respeito da adaptação dela a esta nova rotina...e da minha!

 

:o))))))))))))))

publicado por mil sorrisos às 22:38
link do post | sorri-me | ver sorrisos (2) | favorito
Quinta-feira, 6 de Março de 2008

SOS IRIS

 

 

 

A Íris é uma bebé de 18 meses, a quem foi diagnosticada paralisia cerebral e microcefalia.

A Mãe e família da Íris  querem leva-la a Cuba.

 
Os objectivos são:
1-º Um diagnóstico intensivo para ver o estado clínico da Íris.
 
2º Traçar um plano de fisioterapia para pelo menos dois ciclos de tratamentos, cada ciclo é de 28 dias.
 
Total necessário fica à volta de 23.000,00€ para esta 1ª fase.
Até agora já conseguiram amealhar 9.515,00€. 
Mas ainda não chega!
Por isso está a ser organizado um passeio de BTT , em que o valor das inscrições irá reverter a favor da Íris.
 
Neste momento já tem o  patrocínio para as águas, pão, queijo, fiambre e T-shirts.
 
Apesar de ainda não ter datas concretas, o passeio de BTT  vai se realizar na zona de Palmela, mas com um grau de dificuldade zero para que possam haver participantes de todas as idades.
Falta agendar com a câmara e com a policia, de momento  estão a contar que sejam cerca de mil pessoas, mas se todos nós difundirmos a mensagem poderão ser muitos mais.
Logo que esteja tudo organizado, a Mãe da Íris informará e repassaremos novamente a mensagem.
A Íris está a contar com a nossa presença não faltem.

Caso não possam ir, mas queiram ajudar:

 

Banco: Millennium BCP - Sucursal de Alcochete

Telefone - 211 139 630 Ext . 8505100

Nome Conta: S.O.S. Iris

NIB: 0033 0000 453 511 266 37 05

CONTA: 453 511 266 37

publicado por mil sorrisos às 18:23
link do post | sorri-me | ver sorrisos (3) | favorito
Sábado, 1 de Março de 2008

ponto de situação...aos 8 meses!

Pois é... 8 meses! Deixa cá fazer o inventário:

 

- tem dois dentinhos descaradamente visíveis e a crescerem a bom ritmo, em baixo;

- já se senta completamente só, sem necessitar de encosto ou ajuda;

- não parece ter ainda grande força nas pernitas e aguenta-se pouco tempo de pé;

- não gosta de estar de barriga para baixo, vira-se em sinal de protesto;

- já tem o seu Lauramobil (vulgo aranha) na garagem, ao lado do popó da mamã;

- adora mexer em tudo o que está perto. Gosta, particularmente, de tecidos e padrões;

- revela uma grande destreza de mãos. Consegue, sem grande dificuldade, manusear qualquer objecto de dimensões compatíveis com as suas mãozitas;

- continua a adorar os dedos das mãos e dos pés, que põe na boca na primeira ocasião;

- continua a não ser grande fã de chucha;

- está a comer cada vez melhor;

- continua a dormir muito pouco durante o dia, nunca mais de hora e meia repartido por três vezes;

- chega a dormir 11 a 12 horas por noite, com uma pausa durante a madrugada para beber leitinho. Não adormece sozinha, tem de ser embalada, ao colo;

- já não quer maminha desde que teve febre. Assim, o desmame foi feito de forma tranquila e muito natural. Durante a madrugada bebe um biberon de leite e fica composta;

- produz resmas e paletes de sons, mas nada que remotamente se pareça com o que quer que seja. A Laura adora falar estrangeiro. Mamã, papá e outras que tais não é com ela;

- o cabelo está a crescer (finalmente!);

- adora ver-se ao espelho, principalmente quando a coloco em frente a ele e a afasto, escondendo-a do dito. Este jogo do aproxima, afasta, mostra, esconde, faz as suas delícias;

- gosta de mexer na cara das pessoas. É meiguinha, mas às vezes puxa cabelos com alguma violência. Como qualquer bebé que se preze, tem uma grande atracção por óculos e brincos;

- fica apreensiva quando caras estranhas se aproximam demasiado. Não é uma criança que sorria muito para estranhos, mas com o convívio acaba por ser muito simpática e risota;

- continua a fazer parar os transeuntes devido ao seu aspecto de bebé Nenuco. É linda, carequinha e com a mais doce das expressões. Para além disso, e apesar de nem sempre sorrir, fixa muito o seu olhar no das pessoas e durante um tempo considerável;

- olha para tudo o que é novo com os olhos abertos de espanto e admiração. Cada vez está mais curiosa relativamente ao que a rodeia;

- o banho é uma festa! Como já se senta bem, está cada vez mais à vontade dentro da banheira. Adora chapinhar e fazer tropelias;

- faz mil e uma boquinhas e sons, como que a mandar beijinhos. Também bate palminhas. A batalha, agora, é que diga adeus;

- adora passear ao ar livre e em espaços fechados. Já não usa o ovo e já tem o seu trono no carro (cadeira maior que dá até aos 18 quilos). Continua a adormecer nas viagens, mas agora também tem muitas alturas em que, de olho arregalado, mira tudo com muita atenção. Curioso como consegue encontrar o meu olhar através do espelho do condutor. Olha-me e sorri-me, como que a dizer... Olha para a frente e está com atenção, mamã, que eu vou aqui muito bem!

 

Muitas mais coisas poderiam ser inventariadas, mas o que realmente importa é que, aos 8 meses, a Laura é uma bebé saudável, activa, alegre, divertida e muito, muito, muito fofa. É a luz que me ilumina, o calor que me aquece, a água que me refresca... A Laura é tudo! Como a adoro...

 

:o)))))))))))))))))))))

publicado por mil sorrisos às 00:06
link do post | sorri-me | ver sorrisos (2) | favorito

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS