sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

porque o meu sorriso tem um nome .... Laura Daisypath Happy Birthday tickers online
Terça-feira, 29 de Abril de 2008

Laura vista pela mãe...

... aos 10 meses...

 

Gosta de se ver ao espelho, já se reconhece há muito tempo.

Não gosta de vacinas.

Gosta de bolacha Maria e pão, que já come pela sua mão e mastiga muito bem.

Não gosta de banana.

Gosta de leitinho, que bebe muita bem, três vezes ao dia.

Não gosta que a forcem a comer.

Gosta muitoooooooo de tomar banho.

Não gosta de cortar as unhas.

Gosta de massagens. 

Não gosta quando a vestem;

Gosta de andar ao "léu".

Não gosta de sapatos.

Gosta de levar tudo à boca, principalmente objectos do dia a dia.

Não gosta de brinquedos especiais para esse efeito.

Gosta de manusear a chucha e os brinquedos a seu belo prazer (e fá-lo com muita desenvoltura).

Não gosta que lhe ralhem quando atira os brinquedos para o chão.

Gosta de estar sentada no tapete de actividades, rodeada pelos brinquedos; entretém-se assim, sozinha, muito tempo.

Não gosta muito de estar de barriga para baixo.

Gosta de andar de automóvel.

Não gosta muito (ainda...) da aranha; anda melhor de marcha atrás.

Gosta do colinho da mamã e do papá.

Não gosta do colo de estranhos.

Gosta de ver caras conhecidas; ri-se logo em sinal de reconhecimento.

Não gosta de estranhos, que costuma fixar nos olhos muito séria.

Gosta de bater palminhas, de dizer onde está a cabeça da Laura (quando lhe perguntam, bate com as duas mãozitas na sua cabeça), de fazer a pitinha põe o ovo,  de dizer adeus e de baloiçar o corpo e a cabeça a imitar um gesto que o pai lhe ensinou.

Não gosta quando estranhos aproximam a sua cara demasiado da dela e lhe falam demasiado perto. 

Gosta de ouvir cantar o pai e a mãe.

Não gosta de ouvir cantar os parabéns; assusta-se sempre com as palmas e choraminga.

Gosta de adormecer ao colinho da mãe.

Não gosta que a tentem adormecer quando não quer.

Gosta de dormir virada para cima ou de lado.

Não gosta de perder a chucha a dormir.

Gosta de estar na cama com o pai e a mãe. 

Não gosta quando acorda num local estranho, assusta-se.

Gosta de estar na sua cama, a brincar. 

Não gosta que a deixem muito tempo na cadeirinha onde come.

Gosta de parlar e que falem com ela.  

Não gosta que lhe falem em tom sério, faz beicinho.

Gosta de dizer mamamamamamama entre muitas outras coisas. 

Não gosta quando lhe tiram objectos com os quais está entretida.

Gosta de televisão, principalmente canais infantis e anúncios.  

Não gosta que lhe escondam o comando, que adora.

Gosta de música.

Não gosta de silêncio.

Gosta de rodopiar/dançar ao colo.

Não gosta de chapéus.

Gosta de passear, ao ar livre e em espaços fechados.

Não gosta de estar muito tempo parada no mesmo sítio, quando está no carrinho dela.

Gosta de apontar o dedinho a tudo como quem diz... Ahhhhhhhhh, que lindo!!... e fá-lo da forma mais ternurenta e doce que possam imaginar.

Não gosta quando a tentam ajeitar no carrinho, quando o que ela quer é estar sentada, chegada à frente, para ver bem tudo.

E mais coisas... muitas mais... tantas! A verdade é que a Laura já consegue expressar muito bem o que lhe agrada ou desagrada. Aos 10 meses. é a coisa mais doce, mais ternurenta, mais fantástica, mais divertida, mais... mais...mais... tudo o que vos passar pela cabeça! Que felizes somos por tê-la nas nossas vidas. E que maravilhoso está a ser vê-la crescer a olhos vistos.

 

:o)))))))))))))

           

 

publicado por mil sorrisos às 10:10
link do post | sorri-me | ver sorrisos (11) | favorito
Sábado, 26 de Abril de 2008

Há dias assim...

... quase perfeitos. O que faltou para ser a perfect day? Coisa pouca... faltou eu optar por calçado mais confortável que as malditas sabrinas azuis! Embirrei com elas desde o primeiro dia (há compras assim...) e  obriguei-me a calçá-las 2/3 vezes. Roem-me os calcanhares! Acho que as vou esconder no buraco mais escuro que por aqui encontrar. Se me desaparecerem da vista, esqueço-me que existem. É isso!

Quando ao resto... tantos sorrisos! Aproveitámos o Dia da Liberdade para dar mais um passeio em família. Hoje optámos pela serra de Montejunto. Para quem não conhece, fica perto de Alenquer, Abrigada, Ota... Estão a ver, certo?? Como ponto de interesse têm  as ruínas da Fábrica de Gelo, mas não é preciso pretexto em especial para irmos até lá. Tem óptimos espaços verdes que convidam ao descanso e a piquenicar. Há um parque infantil para entreter os mais pequenos e muito espaço para jogar à bola e rebolar na relva. Uma delícia e tão perto de casa! A Laura adorou, claro. Ela já se apercebe que a simples mudança de roupa indicia passeio e delira. Quanto ao resto, era vê-la feliz da vida, a mirar tudo e a palrar em sinal de contentamento. Agora aponta para tudo o que é novo, deslumbrada, e profere uns deliciosos "Ahhhhhhhhhhh!", como quem diz, Que lindo! Está uma ternura, a minha menina. Continua a atrair a atenção dos transeuntes que lhe acham imensa piada. É que a Laura, apesar dos quase 10 meses, continua a ter aquele ar de Nenuco, carequita, gordinha e muito abebezada. Dormiu pouco no carro porque a viagem foi curta.  Acabámos o passeio com um jantar muito agradável, a três, e o regresso a casa fez-se com a Laura a dormir, cansadinha, mas feliz. Foi um daqueles dias que nos enchem a alma de sorrisos ... e os calcanhares de queixumes! Enfim...

 

:o))))))))))))))

publicado por mil sorrisos às 01:03
link do post | sorri-me | ver sorrisos (5) | favorito
Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

Ai a minha cabeça (II)...

Como prometido, mais situações provocadas pela minha cabeça de vento:

 

. é sabido que a Laura detesta, odeia, não suporta, abomina sapatos. Não perde uma oportunidade para se ver livre deles. Há alguns muito fáceis de descalçar, basta bater com o calcanhar um no outro que o sapato vai à vida. Claro que a Laura descobre essas coisas na hora... enfim... até assusta! Pois bem, já foram várias as situações em que, estando sozinha com ela (acontece sempre quando estamos só as duas, que azar!), dou conta da falta de um dos sapatos quando estamos de regresso ao carro. Lá vamos nós, eu toda esbaforida, fazer o percurso inverso com os olhos no chão... É triste ou não?! Felizmente encontrei sempre os sapatos perdidos, no chão, ou nas mãos de seguranças a quem os entregaram...

 

. pois, as benditas sopas e frutas cozidas... Confesso, mea culpa, já as deixei queimar umas duas vezes. É que é tudo muito rápido, fracções de segundos e pronto... lá se esgota a água e lá se queima tudo. Pior que fazer tudo de novo é o cheiro que fica na cozinha...bahhhhhhhhhhhhhhhh...

 

. por falar em queimar, sem entrar em pormenores, fica aqui registado que queimei uma chucha quando estava a fervê-la. Não se aproveitou nadinha, nem tacho, nem chucha e o cheiro a borracha queimada andou por lá uns dias... (sem comentários...)

 

. este episódio é, talvez, o mais caricato de todos. Imaginem a situação. Jantar de amigos num restaurante. Levo o leite para a Laura já pronto, num biberon. Se bem me recordo, era leite meu. Ela ainda mamava. Quando chega a hora, peço a um dos empregados que faça o favor de aquecer o leite. Algum tempo depois o senhor volta com o biberon. Parece-me que estará na temperatura certa, preparo a Laura e começo a dar-lho. Estranho. Ela bebe, mas a quantidade parece não sofrer alterações. Deve ser impressão minha, ela está a sugar bem. Continuamos. Ela começa a ficar um pouco impaciente e eu vejo que, realmente, a quantidade de leite parece não ter sofrido alterações. Mau. Viro o biberon e... nem uma gota sai do dito. Que se passa? Entretanto, já todos na mesa se aperceberem do que se passa. O biberon é novo, se calhar tem o buraco de saída pequeno... O que faço eu (esperta!!)?? Pego num garfo e toca de esburacar o buraco, na esperança de o alargar... E não é que continua sem sair uma gota que seja???? Entretanto, já a risada era geral. De repente, fez-se luz. Calmamente, desenrosquei a parte do biberon que tem a tetina e vi... a porcaria da pecinha branca que os biberons têm lá estava, a rir-se trocista para mim! Não quis acreditar! Nesta altura a gargalhada foi geral. Acho até que as mesas vizinhas se aperceberam de tudo. Fiquei tão envergonhada! O pior é que, como alarguei o bico da tetina, a Laura, coitadinha, teve dificuldade em controlar a corrente de leite que saía. Que mãe triste lhe coube em sorte!

 

Ai, agora fiquei sem coragem de contar mais coisas... Que vergonha!

 

Sandra over and out! (por agora...)

 

 

publicado por mil sorrisos às 23:24
link do post | sorri-me | ver sorrisos (11) | favorito
Quarta-feira, 9 de Abril de 2008

Ai a minha cabeça (I)...

Isto de ser uma mãe inexperiente e uma grandessíssima e alternadíssima cabeça de vento tem originado peripécias e histórias que não lembram ao diabo. São episódios caricatos, uns mais inusitados que outros. Na altura, a vontade de rir não é muita, mas mais tarde acaba tudo em gargalhadas. Enfim... já vão perceber... Aqui ficam algumas das situações mais dignas de registo.

 

Comecemos pelos esquecimentos. Eis uma breve listagem:

. já aconteceu, algumas vezes, o esquecimento da chucha e da colher, em situações em que não é possível ter acesso a nenhum desses objectos. A chucha é menos grave, uma vez que a Laura nem lhe acha muita piada, mas a falta da colher já ocorreu em locais onde não é possível remediar o problema, como seja em plena Serra da Estrela! Acontece que, quando a Laura tem fome, a Laura tem mesmo FOME! A larila era tanta que tivemos de nos desenrascar com o dedo, a chucha, tudo o que pudesse, remotamente, cumprir as funções da dita colher. Não sei se, volvidos tantos meses, a Laura já nos perdoou esta falha imperdoável... chorava que se desunhava!

. sair sem a bolsinha das fraldas, toalhetes, etc e tal;

. sair sem ver se a bolsinha das fraldas tem as ditas... e depois não as ter;

. na altura em que usava o ovo, esquecer as peças que permitiam que o ovo fosse acoplado ao carrinho dela;

. convencer-me que tenho o carrinho dela na mala do carro e chegar ao destino, abrir a dita e mala e, nicles batatóides, não há carrinho para ninguém. Ficou num canto da garagem, desmontado. Esta situação já me boicotou alguns passeios;

. esquecer os toalhetes e o creme para as assaduras no pediatra, no centro de saúde...

 

Outras situações ficarão para outro post... Aguardem!

 

:o))))))))))))))

.

publicado por mil sorrisos às 18:54
link do post | sorri-me | ver sorrisos (5) | favorito
Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

"Revisão" dos nove meses

Hoje fomos com a Laura ao pediatra. Consulta dos nove meses.  A nossa princesa está bem e recomenda-se! Peso no percentil 60 (8.800 kg), altura no 50 (70 cm). Bons reflexos, dois dentinhos, choro vigoroso - é sempre uma choradeira quando vai ao pediatra, mas ele diz que é óptimo porque revela que ela tem perfeita noção de quem faz parte do seu núcleo familiar e de quem é estranho, para além de referir que o choro do bebé dá importantes indicações ao médico.

Boas notícias: a Laura já pode comer de tudo (devidamente passado, claro, que dois dentes e outro a caminho não chegam para as encomendas). Podemos ir introduzindo, pouco a pouco, os alimentos que usamos na nossa alimentação, incluindo o bom do peixinho, claro! E sal... finalmente, umas pedritas de sal! Eu ia jurar que a Laura esboçou um sorriso quando ouviu isto!

O médico diz que é óptimo a fase que ela está a passar coincidir com o bom tempo, o Verão e a praia, pois os bebés desenvolvem muito mais nessa altura. A Laura parece-nos um pouco preguiçosa ao nível das pernitas. Senta-se muito bem, muito direitinha e sem apoio, mas pôr-se em pé e fazer as pernas "tesas", só quando se chateia e se empertiga. Se for como eu, que só comecei a andar aos 16 meses (shame on me!), vai demorar... Espero bem que não, mas o médico diz que essas coisas não têm "data" certa para acontecerem. É a velha história do ritmo de cada um, bla, bla, bla...  Não temos nada com que nos preocupar, ainda é muito cedo para isso. Vamos a ver.

Mais coisas... Confirma-se a excelente opção que foi a mudança para o quarto dela. Continua a ter noites óptimas. Adormece por volta das 22 horas e acorda, para beber leitinho, por volta das 7.30 horas da manhã. Depois, ainda dorme até ás 10 horas, ela e eu. Como só estou a trabalhar de tarde, acabo por aproveitar estas horinhas de soninho que sabem tão bem!

 

E  pronto... Assim vão as coisas no reino da Laurolândia!

 

:o)))))))))))))

 

publicado por mil sorrisos às 22:50
link do post | sorri-me | ver sorrisos (4) | favorito
Terça-feira, 1 de Abril de 2008

Mamã da Semana

Ena, ena! Fui nomeada Mamã da Semana pelo cantinho mais doce da blogesfera, o Clube Mammy.

 

 

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more

 

:o))))))))))))))))))))

publicado por mil sorrisos às 16:24
link do post | sorri-me | ver sorrisos (6) | favorito

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS