sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

porque o meu sorriso tem um nome .... Laura Daisypath Happy Birthday tickers online
Quinta-feira, 29 de Maio de 2008

Laura...11 meses...

A mamã anda numa roda viva, coitada. Aproveitando essa desorientação, "roubei-lhe" as teclas mais uma vez! Pensando bem, há muito tempo que o não fazia, até estou a portar-me bem...

 

Pronto, meia dúzia de linhas para dizer que hoje faço 11 mesinhos e que estou bem e recomendo-me. Andei meio atrapalhada por causa dos dentinhos (que grandessíssima e alternadíssima seca!); falta de apetite, diarreia, febre, mas acho que já passou esta crise. Ai, bebé sofre... é duro crescer!

 

Agora, novidades:

 

. já digo Olá de forma muito bem articulada e perceptível;

 

. não quero estar deitada para nada, a não ser dormir, e isto porque dormir sentada é complicado! Agora é uma odisseia vestirem-me e mudarem-me as fraldas, porque esperneio e eriço-me toda, faço tudo para me sentar. Estar deitada é para os bebés pequeninos e eu já tenho 11 meses!

 

. a mãe e o pai andam a boicotar-me as brincadeiras. Não é que fecharam o móvel das bebidas com uma geringonça estranha e complicada??? Não há direito! Descobri aquilo há pouco tempo e já estava a ver-me viver mil e uma aventura no meio daquela selva de copos e garrafas. Não há direito! A sala mudou um pouco, mas ainda faço das minhas. Ainda nem há dois minutos que consegui tirar uns papéis que estão ali no móvel da televisão. O que lhes fiz??? Ora, rasguei e preparava-me para os "provar" quando a mamã chegou esbaforida e mos tirou. Má!

 

. mais coisas... estou cada vez mais irrequieta. A verdade é que não consigo estar parada. Ainda não gatinho, mas devo estar quase. Tenho de resolver o probleminha da perna que fica para trás, presa debaixo do corpo... Digam-me lá, como se faz???? É que só falta um bocadinho assim. De resto, deito-me e sento-me, viro-me de cima para baixo e de baixo para cima, rebolo, sei lá, o céu é o limite!

 

. estou cada vez mais deslumbrada com este mundo. Vocês já viram bem a quantidade de objectivos que existem?? Aposto que nunca ninguém tentou sequer fazer uma lista de tudo aquilo que existe neste mundo!! Eu fico tão deliciada com tudo que estou sempre de dedo indicador em riste, a apontar para tudo e para nada ao mesmo tempo. Às vezes choramingo quando sei exactamente o que quero, mas os grandes não me dão. Será a isso que se chama birra??? Hum, será???

 

. ah, sei de fonte segura (o meu pai é um grande linguarudo) que vamos ter festa rija pelo meu primeiro aniversário! Xiuuuuuuuu, não vamos dizer à mamã que sabemos, ok? Acho que ela me quer fazer uma surpresa!

 

Ai a mãe vem aí. Tenho de deixar as teclas, mas adorei este bocadinho. Já matei saudades!!

 

Laura over and out!

 

:o))))))))))

 

publicado por mil sorrisos às 11:45
link do post | sorri-me | ver sorrisos (11) | favorito
Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

Era uma vez os três, os famosos Moscãoteiros...

No sábado descobri, na Worten do Vasco da Gama, mais uma preciosidade discográfica - Jardins de Infância, volumes 1,2 e 3 - pela módica quantia de 12 €. Esta é só a colectânea mais completa que já vi de músicas da minha/nossa meninice. Cada CD tem 20 canções, todas interpretadas pelo Coro Infantil de Setúbal. Inclui músicas de séries do meu tempo como sejam o famoso Marco, a inconfundìvel Heidi, a endiabrada Abelha Maia, o corajoso Dartacão ou o destemido Tom Sawyer. Noutro departamento, quem não se lembra do Areias, aquele camelo famoso ou do Eu vi um sapo..., cantado pela menina dos caracóis. Depois havia o Vitinho, que tinha a mania de nos mandar para a cama, para não falar do Começar do A, dos tempos em que a Ana Malhoa tinha mais compostura e se dedicava ás criancinhas. A acrescer a esta lista temos os clássicos da música infantil, que contemplam As pombinhas da Catrina, Come a papa, Joana, A caminho de Viseu, O meu chapéu tem três bicos e tantos outros. Posso dizer-vos que, em sessenta temas, não há um que eu não saiba praticamente de cor e salteado! Maravilha das maravilhas!

 

Só queria que vissem a Laura, estupefacta a olhar para a maluca da mãe, a cantar alto e bom som e a saltar, completamente fora de si de tanta alegria. Que bom recuar no tempo! Encontrei um site onde podem matar um pouco as saudades, fazendo o gostinho ao ouvido. É certo e sabido que agora os Noddy´s e os Rucas têm o seu lugar, para não falar do Winnie e dos amigos, mas quem me tira Era um porto, italiano, mesmo ao pé das montanhas, onde vivia o nosso amigo Marco, numa humilde casinha... Ele acorda, muito cedo, para ajudar a sua querida mamã! tira-me (quase) tudo. Enfim...outros tempos.

 

 

:o)))))))))))

publicado por mil sorrisos às 22:56
link do post | sorri-me | ver sorrisos (5) | favorito
Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

...nesta data querida...

 

TRINTA E SETE... TRINTA E SETE...  TRINTA E SETE... TRINTA E SETE... TRINTA E SETE... TRINTA E SETE... TRINTA E SETE... TRINTA E SETE... TRINTA E SETE... TRINTA E SETE...!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

 
Não, não se trata de um teste aos diferentes tipos de caracteres que os queridos dos blogs do SAPO colocaram ao nosso dispôr. Não é o número de vezes que a Laura estica o dedo a pedir alguma coisa, num minuto (mas deve estar perto), nem sequer o número de peças de roupa que tenho a lavar na máquina (nem no dia de anos me dão uma folga...). Enfim... não há como fugir ao número e à data... 37 anos de vida!

 

 
Ai...! Socorro...! Já...?! Hum... Parece que a fasquia dos -entas (nem me atrevo a escrever a palavra, não vá ela antecipar-se) se aproxima a passos largos, eu diria mesmo a sprintar! Recorda-me a Ju, ligeiramente mais velha que eu, que dizia que, quando os tais -entas lhe batessem à porta, ela não estaria em casa, teria ido beber um café e apanhar um pouco de sol. Esta ausência para beber café seria um pouco como aquelas idas cinematográficas ao quiosque para comprar tabaco, estão a ver??? Não regressaria tão depressa!

 

 
Eu não vou tão longe. Sempre pensei que todas as fases são bonitas, todas as etapas têm o seu quê e agora apercebo-me disso cada vez mais devido à presença da Laura na minha vida. Curiosamente, a existência desta coisa fofinha lembra-me constantemente algo a que, na era antes-dela, não me pesava nada - o tempo, o malfadado e marafado tempo. De repente, tudo se passa demasiado depressa sem que eu me veja a ter tempo para usufruir, como gostaria, dos presentes que a vida me vai oferecendo. Raios!! E, depois, começam as malditas contas de cabeça.... Quando a Laura tiver 10 anos eu já terei 47... Quando tiver 20, terei 57...! Ai!!!!
 
Vamos, calma Sandra! Respira devagar...Inspira... Expira... Relaxa os ombros e o pescoço...

 

 
Pronto, já passou. Foi só um devaneio, perdoem-me. De vez em quando - muito de vez em quando, é o que vale - vêm-me esta ideias à cabeça. A data é de festa. Sinto-me bem na minha pele e com a minha imagem, tenho saúde, uma família fantástica e a minha Laura, a luz dos meus olhos, a dona do meu sorriso. Dificilmente alguma coisa, neste momento, me tornaria mais feliz. Tenho o que quero e o que preciso. Parabéns a mim!!!

 

 
:o))))))))))))))

 

 
publicado por mil sorrisos às 10:23
link do post | sorri-me | ver sorrisos (11) | favorito
Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

À prova de Laura?? À prova de Laura!!!

 

É oficial... acabou-se o sossego por estas bandas. Como noticiado, no sábado procedemos a alterações na sala de jantar. A saber:
- a mesa de centro  – que já estava encostada a uma das paredes – foi removida. Agora é ver os comandos e demais objectos perdidos aqui e ali, desanimados, desconfortáveis... O raio da mesa faz falta, mas vá lá explicá-lo à Laura! Tinha uma adoração por ela e pelos objectos que colocávamos, inadvertidamente, à pontinha...
- a estrutura de ferro que estava a tapar a entrada da lareira também desapareceu do mapa, não fosse cair na cabeça dela um dia destes. Dentro da lareira foi colocado um cesto grande com álbuns fotográficos, tudo pesado para a menina Laura não ter condições de arrastar. Assim, não entra pelo buraco adentro... esperemos!
- o armário das bebidas já está devidamente selado com um tranca-armário. Ai Laura, que começas cedo a dar dores de cabeça à mãe... Garrafa na mão, copo ao lado????? O que esperavas tu fazer com dois dentes e sem saca-rolhas??? Entretanto decidimos, em conselho familiar, que o armário só será “liberado” para a Laura quando ela fizer 30 anos!
- as entradas de tomadas que não estão a uso também já estão devidamente acondicionadas. Nada de buraquinhos convidativos a dedos curiosos! Era o que faltava... Ela, que nem cabelo digno desse nome tem, de cabelos em pé com algum choque!
- não sei o que fazer ao DVD e aos CD`s que temos debaixo da televisão. Eu bem empurrei aquilo lá para o fundo, mas ainda ontem fui dar com ela, toda esticada, a tentar chegar lá. Mas que coisa...! Bem, enquanto estica e não estica está a crescer... vamos ver.
De resto, tudo como estava. Continuamos a ter uma cama de viagem montada na sala. É o local onde ela dorme de dia e funciona, também, como parque. Agora é mais seguro deixá-la lá dentro quando tem de ficar algum tempo sozinha. De resto, o chão é da Laura. Tem a carpete e o tapete de actividades repletos de brinquedos, mas claro que tudo é mais interessante que os ditos cujos! Adora as nossas pernas, pés, sapatos, pantufas, tudo! As cortinas também são um óptimo entretém, para não falar da cobertura do sofá que está rente ao chão. Objectos improváveis como garrafas de água de plástico, balões e babetes com etiquetas (adora etiquetas) também por lá andam. A televisão, apesar de pessoalmente não ser adepta dessa ideia, acaba por funcionar como ama-seca. Lá a vai distraindo, entre uma e outra tentativa de “asneira”. Para compôr o cenário almofadas, muitas almofadas.
Enfim, está tudo o mais possível à prova de Laura. Quando começar a gatinhar - e não deve faltar muito - vai ser o vê se te avias... Definitivamente a Laura, aos poucos, vai tomando conta da casa como já toma conta de nós.
Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii a minha vida... (versão Xutos e Pontapés)
:o))))))))))))))))))
 
publicado por mil sorrisos às 10:10
link do post | sorri-me | ver sorrisos (7) | favorito
Sexta-feira, 16 de Maio de 2008

Um ano de sorrisos...

Faz hoje um ano que existe este blog feito de sorrisos. Foi criado num momento de grande expectativa, emoção e ansiedade. A razão de tudo isto já é vossa conhecida... Laura, então, como agora e para sempre, a dona do meu sorriso. Há um ano foi assim:

 

Apresentação

 

Somos duas, mas ainda não nos olhámos nos olhos... Somos duas, mas ainda não sabemos os cheiros, os toques...  Somos duas, mas desconhecemos as cores e as formas...

Sendo duas, somos uma emoção só... grande... imensa... como um grito que condensa o mundo... como sorrisos que se recusam a deixar o rosto, mesmo quando não estão lá...

Sabes que sinto quando sorris?! Sinto o teu sorriso na forma como me tocas por dentro, como espetas um pé aqui e uma mão ali... Sinto-o nos teus soluços, nas batidas do teu coração... e sinto que sentes quando eu sorrio...

 

Somos duas e, não sabendo muito, já adivinhamos tanto...

 

Que saudades!! É com muita doçura e um sorriso imenso que releio estas palavras e revivo as emoções. Que ano fantástico, o melhor de sempre! Foi tão bom, está a ser tão bom, partilhá-lo com vocês!! A Laura, sempre presente em cada palavra, é o presente de uma  vida, a minha obra mais perfeita, o meu tesouro mais precioso... Não há palavras, ou melhor, vão havendo algumas, semeadas por post´s mais ou menos inspirados, mas muito, muito, muito sentidos e "sorridos".

 

Resta-me agradecer a todos quantos nos têm acompanhado nesta extraordinária jornada. Tem sido maravilhoso poder partilhar convosco tantos momentos inesquecíveis, tantas emoções... tantos sorrisos... Um grande bem-haja!

 

:o))))))))))))))))))

 

 

.

publicado por mil sorrisos às 22:35
link do post | sorri-me | ver sorrisos (8) | favorito
Quarta-feira, 14 de Maio de 2008

Perigo!

A Laura começa a fazer das dela À SÉRIA! Pois é, ontem fui dar com ela sentadinha em frente ao móvel onde temos a televisão. O dito móvel tem duas portas, sem chave (porra!), e utilizamos esse espaço rente ao chão como bar. Pois ... Não é que ontem fui dar com a Senhora Dona Laura, muito divertida, com uma garrafa não sei bem de quê nas mãos?? Ao lado dela, no chão, um copo! Estava feliz da vida com tamanha descoberta. O estranho é que não fez barulho absolutamente nenhum. Eu ia na descontra espreitá-la como faço quando estou ocupada com outra coisa qualquer e dou com este cenário. Manhosa! A minha filha estava a tentar enfrascar-se nas minhas barbas! Ó pá... já um dia destes foram os DVD´s que ela conseguiu tirar lá do sítio onde estão. Para não falar daquela vez em que chegou ao cestinho onde tenho alguns álbuns com fotos dela e com os quais se deliciou. Adora ver fotografias, esta miúda! Atenção, a Laura ainda nem gatinha! É uma preguiçosa, a minha filha, mas como qualquer preguiçosa que se preze arranja estratégias para conseguir fazer o que quer, sem grande esforço. Assim, a espertinha corre-me o chão todo... a arrastar o rabo! E como é rápida! Normalmente passa mais tempo no tapete de actividades, na sala, em cima da carpete. Tem lá os brinquedos e entretem-se lindamente sozinha, só que agora já começa a fazer disparates. Escusado será dizer que ontem, depois da situação descrita a que o pai achou muita piada (tipo, ena, a minha cachopa já faz das dela...boa!), houve reunião de emergência e ficou agendada para sábado uma nova estratégia relativamente à disposição dos móveis e demais objectos da sala. Já começou!! Sinto que, a partir daqui, acabou-se o belo do descanso!!! Ai que bom!!!! Eheheheheheheh

 Ah...que fique também registado que, no dia 9 de Maio, partiu o primeiro copo... no restaurante!! Rsrsrsrsrsrsrssr (que é como quem diz, ehehehehehh)

 

:o)))))))))))))))

publicado por mil sorrisos às 10:19
link do post | sorri-me | ver sorrisos (9) | favorito
Domingo, 4 de Maio de 2008

Dia da Mãe

Considero que este é o meu segundo dia da mãe. O ano passado, por esta altura, a Laura já existia, ainda que protegida e aconchegada dentro de mim. Lembro-me que foi um dia especial, quer pelas expectativas que tinha relativamente ao que seria ser mãe a sério - quando a tivesse nos meus braços -, quer pelo sentido de responsabilidade que já sentia.

 

Hoje posso dizer que ser mãe foi o despertar para a vida tal como ela deve ser encarada, com optimismo, alegria e muita vontade de viver. Quantas vezes o nosso dia a dia é ensombrado por contratempos, por situações que nos testam a resistência e a tenacidade, por tristezas que se acumulam na nossa alma, mirrando-a... Ter um filho faz com que tudo o resto pareça secundário. Aprendi a relativizar mais as coisas e apercebi-me que, se a Laura está bem, nada está mal . Nada me apoquenta como antigamente, porque ela é tudo aquilo que eu preciso que esteja bem. Quanto ao resto, tudo se vai resolvendo... O sorriso da Laura, todas as manhãs, é uma injecção de ânimo sem a qual já não vivo. Sou, claramente, Laurodependente. Ela é tão importante como o ar que respiro e tão fundamental para a minha existência quanto ele.

 

Hoje, vou apertá-la como todos os dias aperto, olhá-la com a paixão e devoção com que olho desde o primeiro segundo, beijá-la com o mesmo carinho, sussurar-lhe que a amo e que ela é tudo, mas vou dizer-lhe, ao ouvido, uma coisa nova:

- Obrigada!

 

:o))))))))))))))

 

 

Um beijinho muito especial para a minha Mãe, modelo de devoção, carinho e amor que me tem acompanhado toda a vida e que agora se transformou na melhor avó do mundo.

Mil beijos só para ti

:o))))))))))))

 

 

 

publicado por mil sorrisos às 10:24
link do post | sorri-me | ver sorrisos (9) | favorito
Sexta-feira, 2 de Maio de 2008

Coisas que me irritam

Têm de concordar comigo. Há coisas que irritam nesta aventura deliciosa que é ser mãe. Há tarefas que facilmente dispensaríamos, há situações que nos põem os cabelos em pé, há dias em que só apetece fechar os olhos e dormir... Atenção, nada disto me tira o enorme prazer que é ser mãe! Adoro! Mas há coisas chatas, pronto! Apetece-me falar delas... Vamos fazer (mais) uma lista? Bora!

 

. uma situação que me tira completamente do sério é o facto da maior parte das nossas localidades não estar preparada para que circulemos nelas com os carrinhos de bebé, em condições mínimas de segurança. Confesso, só reparei nisto desde que tento circular com a minha Laura no local onde moramos. Missão praticamente impossível... e perigosa! Ausência total de passeios em determinadas zonas, passeios demasiado estreitos ou altos noutras, poucas passadeiras de peões e carros, resmas e paletes de carros que invadem, descarada e impunemente, o espaço dos peões. Isto irrita-me!!

 

. a minha Laura até me tem dado umas noites óptimas, mas de vez em quando prega-me a partida. Deito-me por volta da meia-noite. Ela chora às 2/3 horas. Lá vou eu, tipo zombi, a tropeçar em tudo o que é obstáculo, às escuras, para não incomodar quem dorme. Não acendo a luz do quarto dela, aproximo-me, meto-lhe a chucha, ajeito-lhe os lençóis, tudo à base do apalpão. A maior parte das vezes vira-se para o outro lado e dorme, mas há noites em que custa voltar a adormecê-la. O que eu quero é dormir... e o que ela quer é festa... e eu fico rezingona e impaciente quando estou com sono ... e ela quer mais festa... e... e... É chato, principalmente porque eu adoro dormir e sempre dormi muitoooooooooooo!

 

. irritam-me muito as pessoas que, numa primeira abordagem, querem logo pegar nas nossas crianças e se chegam tão perto delas que as pobres levam um banho de gafanhotos em cima. Estão a ver o estilo - Ai que fofa. Posso pegar?? Antes que tu digas o que quer que seja já te arrancaram a criança do carrinho ou do colo. Rsrsrsrsrsrs Não gosto!

 

. e aquelas pessoas (leia-se, mães-supostamente-mais-experientes-e-com-a-mania...) que têm sempre uma opinião a dar, um conselho, uma dica bem intencionada, quando ninguém lhas pede, como quem diz - Estás a fazer tudo ao contrário! ? Por favor, a insegurança natural de ser mãe de primeira viagem  já me chega e sobra!

 

. ah, se há coisa que não suporto mesmo são as comparações. Bem sei que é algo que acaba por ser inevitável, mas é superior a mim. Que me interessa que o bebé X tenha andado aos 8 meses e que o Y já tenha 4 dentes aos 7??? Caramba, cada bebé tem o seu ritmo... Esta competição velada entre mães é escusada, digo eu.

 

. outra coisa que me mexe com os nervos são as mães demasiado maricas, como lhes chamo, que não dão espaço à criança para explorar e aprender simplesmente porque têm medo que ela se magoe. Pelos deuses...  Desde que os espaços estejam bem acondicionados e os perigos sejam calculados e acautelados, é deixarem-nos à vontade. Os galos e as nódoas negras fazem parte...

 

. detesto ter de fazer coisas à Laura que eu sei que ela detesta e que acabam, invariavelmente, em choradeira. A saber: cortar unhas, limpar orelhas, aspirar nariz, vestir roupa complicada como sejam camisolas enfiadas pela cabeça, manga sobre manga e casacos, levar às vacinas... São tarefas que não me importava de não fazer, porque sei que a Laura detesta quando as faço. Não é para isto que ela quer a mãe!

 

. sabem o que acho verdadeiramente secante?? Ter de arrefecer o biberon depois de preparado o leite. Chateia-me porque não faz grande sentido e perdemos tempo. Quer dizer, começamos por ferver a água para misturar ao leite em pó, para logo a seguir termos de  arrefecer o biberon para que fique à temperatura desejada. Não vos parece um pouco estúpido????

 

. e as pilhas que o intercomunicador come??? Quatro de cada vez, para aí de duas em duas semanas, e só o utilizamos de noite. Isto não é normal!

 

Ups, reli a minha lista e reparei que muitas das coisas que me irritam estão precisamente... nas mães! Peço desculpa se as leitoras deste humilde espaço se enquadram nos retratos que tracei. Não se sintam melindradas, é apenas uma opinião, amigas como dantes...

 

 

(E vou-me calar, antes que este post se revele um factor decisivo para o decréscimo súbito do número de leitores/as deste blog... Se bem que ainda tinha mais umas coisitas para escrever...)

 

 

:o))))))))))))

 

publicado por mil sorrisos às 10:00
link do post | sorri-me | ver sorrisos (6) | favorito

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS