sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

porque o meu sorriso tem um nome .... Laura Daisypath Happy Birthday tickers online
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008

Obrigada, Joana!!!

 

 

 

E pronto, cá está a tela da Laura oderecida generosamente pela querida Joana e a sua Lojinha Jota. Só para contextualizar, este foi o prémio de um passatempo promovido pelo Clube Mammy em que participei. O que tive de fazer? Escrever um texto em que surgissem as palavras... Sou mãe e... Aqui fica o texto para quem ainda não teve oportunidade de ler. Mais uma vez, obrigada Joana, amei! E que bem fica no quartinho da princesa...

 

Sou mãe e essa é a parte mais feliz de mim. Nada se lhe compara... Falar sobre isso é complicado porque é uma coisa tão minha!! Como transmiti-lo por palavras?! Tenho tentado fazê-lo, mas fica sempre a sensação de que nada do que possa dizer/escrever chega perto do que sinto.
É um mundo completamente novo. Costumo dizer que a minha vida se divide em duas eras, a pré e a pós-maternidade. Na verdade não é tanto a vida que muda, somos nós que mudamos. Nas “vésperas” da maternidade fazem-se contas e antecipam-se as saudades que algumas coisas vão deixar – as férias que já não se podem fazer da mesma forma, as noitadas com os amigos, a simples ida ao cinema, os jantares a dois, o levantar tarde e más horas... Não demorei para descobrir que, afinal, nada disso faz assim tanta falta. Ver a nossa existência centrada num bebé pode parecer redutor, mas preenche-nos de uma forma surpreendentemente doce e aconchegante. Nada é mais delicioso que os momentos que partilho com a minha filha. Nessas ocasiões poderiam aliciar-me com tudo que eu não cederia um segundo do tempo que passo com ela. Nada nem ninguém me devolve de forma tão inocente e desinteressada aquilo que dou.
Há uns meses vi um programa da Oprah que tinha como convidada Sinead O'Connor. A cantora assumiu a sua bipolaridade e utilizou uma metáfora impressionante para explicar o seu estado de espírito. Dizia ela que se sentia como um balde furado, com lágrimas e tristeza a sair por todos os buraquinhos de forma ininterrupta. Não sabia explicar porquê, mas a tristeza era permanente, ainda que nem sempre fosse perceptível para os outros. Depressa me apropriei dessa imagem, mas ao contrário. Sinto-me um balde furado sim, mas o que sai pelos buraquinhos é uma alegria imensa feita de sorrisos e doçuras. Toda eu sou emoção. A qualquer momento do meu dia posso ser literalmente assaltada pela doce imagem da minha princesa. Em qualquer contexto a lembrança dela pode levar-me a alhear-me da realidade. Pode ser imperceptível para os outros, mas a emoção de ser mãe está sempre presente em mim. Não sou sequer daquelas mães que falam imenso das suas crianças, mas a minha filha está-me permanentemente na retina e no pensamento. Olhares mais atentos podem dar comigo a sorrir de forma meio pateta e descontextualizada. Se perguntarem, explicarei. Eu sei porque sorrio e é quanto me basta.
As sensações são as melhores do mundo! O quentinho do seu corpo, a forma como se enrosca e encaixa em mim, o seu toque, o seu olhar fixo, o seu sorriso doce... sinto-me especial por ser alvo de tanta ternura e agradeço todos os dias por isso. Mas o melhor, o melhor de tudo, é saber que estou apenas no início daquela que é a aventura da minha vida. A responsabilidade é enorme, os obstáculos existem e não vivemos num mundo cor-de-rosa. Tenho plena noção que eu sou apenas uma das inúmeras influências/referências que marcarão a vida da minha filha. No entanto, naquilo que estiver ao meu alcance, não falharei. O meu empenho é total e a minha dedicação permanente. É o meu cavalo de batalha, o meu ponto de honra, o meu objectivo – fazer da minha princesa uma cidadã exemplar neste mundo de loucos. A minha divisa está escolhida. Parafraseando um senhor chamado Johann Goethe, Ensinam-se as crianças a amar, amando-as...

:o)))))))))))

publicado por mil sorrisos às 10:03
link do post | sorri-me | ver sorrisos (10) | favorito
Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008

16 mesitos!

É hoje!!! 16 mesinhos de princesa!

 

Vamos às actualizações!

 

Fisicamente

 

. neste último mês desenvolveu a olhos vistos em termos motores. Passou do gatinhar desenfreadamente para o andar direitinha e com segurança. Assim, anda, senta, levanta, corre, salta, dança, sobe, desce, rebola, balança, gatinha... A novidade agora é o trepar. Começam a surgir as primeiras tentativas de... (Valham-me os Deuses!);

 

. dentes... Ora bem, temos 4 em cima à frente, 4 em baixo à frente, dois em cima mais para trás e dois em baixo mais para trás. Não me perguntem os nomes dos ditos que eu nunca sei! Total - a continha redonda de 12 dentinhos!!

 

. adora arrastar objectos que façam barulho como sejam cadeiras e brinquedos de maior porte;

 

. se a colocarmos em cima de um cavalinho em madeira que temos cá em casa, agarra-se e baloiça sozinha;

 

. se a colocarmos num carrinho que tem, põe os pés no chão e já anda assim, sozinha;

 

. desce bem do sofá, mas ainda não sobe;

 

. manuseia tudo muito bem. Consegue pegar em vários objectos ao mesmo tempo e mover-se com eles. Sempre revelou muita expressividade e facilidade de movimentação das mãozinhas;

 

Intelectualmente

 

. compreende praticamente tudo o que se lhe diz. Faz recados, leva e traz objectos, executa pedidos... tudo! É tão inteligente, a minha menina!

 

. reconhece nomes e pessoas e reage a ambos com desagrado ou aprovação;

 

. reconhece objectos pelo nome e pega neles se pedirmos;

 

. reproduz o som de alguns animais;

 

. demonstra muita perspicácia na forma como "estuda" as situações e os contextos. Parece saber exactamente como agir com determinada pessoa/em determinada situação;

 

. já percebeu que há pessoas que lhe aparam mais o jogo, como se usa dizer - os avós maternos! Consegue tudo deles!

 

. já se conhece pelo nome Laura, que pronuncia Lala (acho que é assim que lhe chamam os amiguinhos no infantário);

 

Linguagem

 

. continua a dizer as palavras que já dizia (ver pontos de situação anteriores s.f.f.), acrescentando-se agora o e para os avós, o Lala para ela própria e os nomes dos amiguinhos Pe (Pedro) e Be (Beatriz) e o um para os anos que tem.

 

. adora palrar em Lauradês. Alguém sabe de algum dicionário nesta língua?? Eu quero um, por favor!

 

Graçolas (novas)

 

. a novidade mais recente é dizer quantos aninhos tem. Se lhe perguntarmos, espeta um dedinho e diz um!

 

. dá cinco, dá passou-bem e espeta o dedinho indicador à espera que façamos o mesmo e toquemos no dela com o nosso. Estão a ver a famosa cena do E.T. e do Elliot?? É assim mesmo!! Adivinhem quem ensinou... Ah, se começar a fazer isto num grupo de pessoas, faz tudo com todas, uma a uma! É uma graça...

 

. quando ouve os Parabéns no Panda, desata a dançar e a bater palminhas. Se está noutra parte da casa e ouve, corre em direcção à sala para ver/ouvir;

 

. adora mexer nos nossos pé-pés (vulgo, sapatos);

 

. a vontade de explorar os armários que estão ao seu alcance é maior que nunca. Solução - trancas na porta!

 

. sabe onde estão e o que são os dentes, o nariz, os olhos, as orelhas, a cabeça, o cabelo, o pé-pé e a barriga. Se lhe perguntarmos, aponta para os locais;

 

. se lhe perguntam pela Laura, aponta para ela própria e diz Lala;

 

Infantário

 

. continua nas sete quintas, felizmente. Porta-se bem, diverte-se e brinca muito com os outros. Nunca está rabujenta e come/dorme menos mal. É um sossego! Amanhã tenho um episódio para contar...

 

E pronto. Como sempre, esta actualização fica muito aquém, como tudo o que digo da Laura e sobre ela. Falta só uma coisinha... continua carequinha, mas está cada vez mais LINDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!

 

:o)))))

 

Nota extra - Tenho de explicar que não tenho tido tempo para nada! Desculpem a minha ausência dos vossos blogs, mas ando mesmo atrapalhada. Vamos ver se depois desta fase de testes volto a ter tempo para... rsrsrsrsrsrsrsrsr!

 

 

 

 

 

 

publicado por mil sorrisos às 15:58
link do post | sorri-me | ver sorrisos (5) | favorito
Quinta-feira, 23 de Outubro de 2008

Fala com ela!!

Descobrimos, há coisa de dias, uma nova e fantástica estratégia para entreter a Laura na hora da sopa. Não se pode dizer que coma mal, mas a brincadeira ajuda!! Afinal, bastava... falar, falar, falar!!! Não é que a nossa princesa não resiste a uma conversinha olhos nos olhos, sobre o que quer que seja?? Adora! Lá fica ela embasbacada a olhar para nós, a respirar cada palavra, presa nos sons e nas expressões. Já não quer as mil e uma coisas que lhe dávamos para as mãos na hora da refeição. Está mesmo a ficar com modos de menina grande. O engraçado é que parece compreender perfeitamente o que se lhe está a dizer, tal a forma como reage.

Se eu soubesse que bastava isto para ela ir abrindo a boca, sem resistência... Caramba!!! Tão simples...

:o)))))))))

publicado por mil sorrisos às 10:11
link do post | sorri-me | ver sorrisos (10) | favorito
Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008

Mimi!!

Pronto, deixei ali a mamã a brincar com os meus bebés e os meus brinquedos e apoderei-me do teclado. Ainda bem que ela é daquelas mamãs que se entretêm sozinhas com os brinquedos. Amo-a de paixão, adoro brincar com ela, mas é tão bom quando fica ali, no cantinho das brincadeiras, entretida e distraída! Filha também precisa de sossego de vez em quando!

 

Hoje apetece-me escrever sobre uma pessoa muito especial, a minha Mimi. É a madrinha linda da Laura, pois então! Eu conto-vos tudo...

Tudo começou há muitossssssssssss anosssssssssssss, no século passado, imaginem! A Mimi e a mãe foram colegas de Faculdade e logo ficaram amigas. Nas primeiras férias da Páscoa a Mimi levou a mãe à terra e adivinhem quem a mamã conheceu por lá... o meu pai querido! A Mimi e o papá já eram amigos e foi assim que nasceu a história de amor que teve como ponto culminante o nascimento da minha pessoa.

A Mimi é assim... como dizer... uma pessoa muito doce e carinhosa na forma como fala comigo e com as pessoas de quem gosta. Adora o maridinho querido - o meu padrinho honorário - e os amigos ocupam um lugar muito especial na sua vida. A mamã e a Mimi nunca mais de "deslargaram" desde que se conheceram. É daquelas amizades para a vida, sabem? Têm estado presentes nos momentos importantes da vida uma da outra e há alturas, como as férias e as festas, em que se encontram na terra e passam muitos dias juntas. Agora tenho a sorte de participar nesses momentos, claro!

No início a mamã dizia que eu já gostava da Mimi, mas que ainda não tinha noção disso, ainda não sabia que gostava. Nem sempre reagia bem à sua presença, como aliás não reagia muito bem à presença de estranhos, mas isso já lá vai! Agora sei perfeitamente quem é a Mimi e gosto muitoooooooooooo delaaaaaaaaaaaa e de estar com ela. Ainda este sábado passámos grande parte do dia juntas, com um grupo de amigos, e foi tão divertido!

É uma pessoa especial. A mamã e o papá fizeram a escolha perfeita. Sei que vai estar sempre a meu lado, a ver-me crescer e a dar-me a mão nas diferentes etapas da minha vida. Sei que já ocupo um cantinho muito especial no seu coração e que fica verdadeiramente feliz quando está comigo. Sinto-o na forma como me olha e pega ao colo e se delicia com as minhas expressões e gracinhas. A  Mimi faz parte da minha vida e que feliz isso me faz!!

 

Ups... a mamã está a choramingar. Hum.... Pronto mamã, a Laura já vai! Tenho de ficar por aqui. A mamã adora as teclas, não me pode ver ao computador que não sossega. Sim, mamã, já dou bolachinha! O dever chama-me!!! É duro ser uma filha tão querida!!

 

:o))))))))))

publicado por mil sorrisos às 10:30
link do post | sorri-me | ver sorrisos (7) | favorito
Quarta-feira, 15 de Outubro de 2008

Escolinha Nova!!

A Laura continua a dar-se muito bem no infantário e agora mais motivos tem para gostar de lá estar. É que houve mudança de instalações! A intenção  inicial era começar o novo ano lectivo na escolinha nova, mas as obras atrasaram e só hoje é que foi feita a mudança. É um pouco mais longe (talvez 10 minutos), mas fica também em caminho.

Foi inaugurada por sua excelência o Eng. José Sócrates - enfim... - e como essa cerimónia coincidiu com a semana em que a Laura esteve doente, bem como as visitas ao local pelos Encarregados de Educação, ainda não conhecia.

Bem, vim de lá encantada!!! Que maravilha!!! Pormenor importante - trata-se da mesma instituição onde eu e o meu irmão andámos desde os 3 aos 10 anos... mas renovada e completamente de cara lavada. Tenho recordações maravilhosas daquele espaço, das pessoas e dos anos que lá passei. Foi com um misto de emoção e nostalgia que hoje lá voltei para deixar a Laurinha.

Pouco resta do que recordo em termos de espaço. Era uma espécie de quinta pequenina no meio da localidade, mesmo em frente à igreja. As escadarias lá estão e são o acesso principal. A vivenda que se localiza no centro do espaço é a única coisa que recordo que permanece daqueles tempos. O resto... Bem, o resto só vendo. Tudo fantástico, desde o espaço exterior com muita sombra e diversões para as diferentes idades até ao interior, colorido, luminoso, amplo... Lindo! Fiquei com uma  vontade de ser pequenina de novo...

A  Laura não estranhou nada. Quando lá chegámos levei-a à salinha dela, coloquei-a no chão e ficou ali, a olhar à volta. Devia estar a pensar... Hum, não conheço esta escolinha, mas são os meus coleguinhas...!  Rapidamente se afastou de mim e começou a explorar os novos brinquedos e a interagir com os outros meninos. Aproveitei a oportunidade e o facto de hoje ter mais tempo para dar uma volta completa ao local. Estou mesmo encantada e super feliz por saber que a Laura vai poder usufruir daquele espaço magnífico pelo menos durante estes dois anos. Está previsto que, aos três anos, regresse ao local de partida. Até lá, há que aproveitar aquela magia toda. Claro que o mais importante são mesmo as pessoas responsáveis pelas crianças, mas não me digam que um infantário com condições físicas não faz a diferença... Deviam era ser todos assim!

 

:o)))))))))))

publicado por mil sorrisos às 11:57
link do post | sorri-me | ver sorrisos (5) | favorito
Quinta-feira, 9 de Outubro de 2008

Taras e manias...

 ... da Laura, pois então! A saber:

 

. puxa o próprio cabelo que não é muito - não há meio! -, mas é suficiente para isso;

 

. faz questão de deslocar-se com mais de um objecto em cada mão. Conclusão, a cada dois passos deixa cair qualquer coisa e lá se mete de rabo para o ar para apanhar o dito objecto e retomar a caminhada;

 

. pôe os dedos indicadores dentro das orelhas e rodá-los, tipo cotonete humana, estão a ver?!

 

. dorme, literalmente, de rabo para cima;

 

. de vez em quando faz o gesto  "és-maluquinho-da-cabeça-que-eu-é-que-sei". Com o dedo indicador aponta para a cabeça e ri-se imenso;

 

. os babetes,,, tem a mania de os pôr ao contrário, com os cordões para a frente e o pano para trás, nos ombros, como se fosse uma camisola, estão a ver? E depois anda assim, nesta figurinha...

 

. para se sentar na cadeirinha dela que tem na sala, dá voltas e mais voltas sem cair. Começa por se pôr de joelhos, depois vira-se e fica com uma das pernas presa debaixo do corpo e só depois liberta a perna e se senta como deve ser. Estou farta de lhe explicar e dizer que basta colocar-se em frente à cadeira, de costas, e deixar-se cair, mas nada... Ela prefere a via difícil;

 

. junta os dentes de cima com os de baixo quando se pede para os mostrar;

 

. adora pegar nos bebés e trazer-mos para que eu faça com eles o que faço com ela;

 

. agora bebe o leitinho entremeando o biberão com a chucha. Irrita um bocado, mas ela é que manda. Se lhe tentamos dar o leite sem ter a chucha na mão irrita-se, esperneia e nega-se a bebê-lo. Será dos dentes? Esta é uma mania recente. Ora chucha, ora dá umas goladas no biberão... não havia necessidade;

 

. anda atrás de nós e não perde a oportunidade de ir para a casa de banho ou tentar subir as escadas quando nos esquecemos de fechar a porta e a cancela;

 

 

 

Taras e manias... cinto tostões de gente e já tantas!!! Tenho medo do que aí vem!!! Eeheheheheheheheh

 

:o))))

 

.

publicado por mil sorrisos às 09:37
link do post | sorri-me | ver sorrisos (8) | favorito
Segunda-feira, 6 de Outubro de 2008

Aos 15 meses e uma semana...

... DETESTA...

 

... que lhe cortem as unhas. É uma choradeira que mete dó. Retorce-se toda, agita-se, tenta tudo por tudo para se safar. Os pés ainda correm menos mal, mas as unhas das mãos... socorro! Em contrapartida, tem uma grande atracção pela tesoura...

 

... que lhe aspirem o nariz ou a tentem assoar. Caramba, é uma tarefa árdua e adivinhem para quem sobra sempre...

 

... que lhe limpem os ouvidos. Esta coisa dos buracos mais reconditos tem que se lhe diga. A moça não tolera nada nos ouvidos, só cera mesmo!

 

... que não lhe dêem o que está a pedir. Estica o dedo, produz o som correspondente à palavra que designa o objecto - nhsfjgjg tkigh - e pronto, temos de adivinhar e dar-lhe na hora. Raio de impaciência, Laura!

 

... que lhe neguem colinho quando pede...

 

... que lhe dêem comer à força. Quando não quer, deixa claro que não quer,  seja cuspindo, tossindo ou simplesmente cerrando os lábios. Claro que os braços e as mãos não páram em sinal de protesto...

 

... que a dispam/vistam/mudem a fralda em determinadas ocasiões - quando está com sono, por exemplo...

 

... que a impeçam d´ir para onde deseja - por exemplo, escadas e quintal...

 

Apesar de tudo, a Laura é fácil de aturar (ainda, atrevo-me a dizer!). Tem as suas coisas e os seus momentos menos bons, mas, no geral, comporta-se, sabe estar e é de uma simpatia e boa disposição fantásticas. A minha menina é mesmo, mesmo, mesmo, um docinho!

 

:o))))))))))

publicado por mil sorrisos às 22:59
link do post | sorri-me | ver sorrisos (9) | favorito
Quinta-feira, 2 de Outubro de 2008

Salva-vidas!

A Laura continua doentinha. Desta vez foi a valer. Já descobrimos os dentinhos a nascer, em cima, mais para trás - nunca sei os nomes dos ditos, sheme on me! Tem ficado em casa porque a febre só começou a abrandar ontem e agora, para compor o ramalhete, está constipadita. Estamos à espera do pai para ir ao pediatra. Vamos ver se o Sr. Dr receita alguma coisa para a constipação, já que a febre parece-me controlada.

 

Vem isto a propósito da minha salva-vidas, aquela que está lá quando eu não posso, aquela que me substitui na perfeição e por quem a Laura tem um carinho muito especial. Falo da minha mãe que mora aqui mesmo ao lado, porta com porta. Graças a Deus ainda tem muita saúde, genica e já como se reformou há uns anitos, tem tempo. A Laura ficou lá em casa até fazer um aninho. E que bem ficou!!!

 

Esta semana também ficou com ela e foi o que me valeu. Noutras ocasiões como sejam reuniões ou outros compromissos que me impossibilitem ir buscá-la ao infantário, lá se mete a caminho. Ao seu lado os fiéis escuteiros, o meu pai e a minha avó, a Bisa de nome Laura que, devido à idade, apenas dá muito apoio moral e se delicia com a pequenina que herdou o seu nome. O meu pai também ajuda muito. Muitas vezes é ele que assume o comando das operações, quando a minha mãe, por algum motivo, não está presente. Atenção que, às vezes, são duas!! A minha sobrinha é apenas dois meses mais velha que a Laura e quando se juntam... é o fim do mundo em cuecas, como podem calcular!

 

Os meus pais são os meus salva-vidas. Não imagino como seria sem eles. Há que lhes dar muito valor, todo o valor do mundo! A disponibilidade é total e incondicional. Fazem por ela o que eu faço, o que eu faria, em qualquer circunstância.

 

Conheço casos em que os casais estão entregues a si próprios. Sem família por perto, não têm grandes alternativas. Resta-lhes faltarem ao trabalho quando a criança adoece ou, noutras situações, levá-las consigo onde quer que tenham de ir. Eu sei do que falo. Muitas vezes a sala de professores está cheia de crianças das mais diversas idades, naqueles dias/noites em que as reuniões nunca mais acabam... Enfim... E a assiduidade é um dos critérios da nossa suposta avaliação. Ah... e basta faltar uma vez para já não termos a avaliação de Excelente, seja a falta de que natureza for. É assim que o nosso governo incentiva a natalidade. Bem, isto era outro post, cala-te Sandra...

 

Pronto. Aqui fica uma singela homenagem aos meus progenitores que estão sempre lá, lada a lado connosco, mas sem se intrometerem na nossa vida familiar a três. Essa parte faço questão de preservar e, até agora, nada a assinalar. São fantásticos em todos os aspectos. Obrigada!!!

 

:o)))))))

 

 

publicado por mil sorrisos às 17:29
link do post | sorri-me | ver sorrisos (5) | favorito

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS