sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

porque o meu sorriso tem um nome .... Laura Daisypath Happy Birthday tickers online
Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2009

Rituais - na falta de melhor termo...

Refiro-me àqueles gestos repetidos diariamente, mas não de forma mecanizada.  Cada vez mais a Laura participa neles, essa é a verdade. Não me refiro às acções diárias de vestir, despir, mudar fralda, alimentar, refiro-me a outras pequenas coisas, quase insignificantes...

 

A chucha, por exemplo, está associada a comportamentos diários que a Laura tem espontaneamente e por iniciativa prórpria:

 

- quando acorda e a visto, ela procede à troca das chuchas - tem uma sem corrente com que dorme e outra com corrente que usa durante o dia, em casa. No fraldário onde a troco tenho uma caixinha onde ela própria guarda a chucha da nana, trocando-a pela outra...

 

- quando lhe lavo a cara, de manhã, com uma esponja e água tépida, faz questão de me dar a chucha da corrente para a passar pela água quente...

 

- a caminho da escolinha vai de chucha, mas assim que paramos o carro a primeira coisa que faz é dar-ma para eu a guardar na caixinha, acompanhando esse gesto por um sorriso rasgado. Já sabe que só a voltará a ver à hora a que a vou buscar - na escola tem outra para dormir. A chucha fica no carro e quando entra nele, à tarde, para irmos para casa, é a primeira coisa que pede. Acontece isto invariavelmente...

 

- habituou-se a beber o leitinho com a chucha na mão. Um gole no biberon, uma chupadela na dita. Não há forma de a desabituar disto - quem tem dicas?!

 

A  verdade é que a minha menina está a crescer. Não sei se estes rituais, como eu lhes chamo, são habituais numa criança desta idade - e já não são de agora -, mas não me canso de admirar este entendimento fantástico que a Laura tem das situações e das coisas. O meu sogro diz, com muita graça, que a Laura tem muito tino. Eu acrescentaria que a dona do meu sorriso se saiu melhor que a encomenda - eu e o pai fizemos tudo certinho e nas devidas proporções!

publicado por mil sorrisos às 10:17
link do post | sorri-me | ver sorrisos (7) | favorito
Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

19 meses (já!)

 

Alguém diz ao raio do tempo para não ter tanta pressa? A namorada espera... há mais comboios... que tenha paciência, mas tão depressa não!!!!!
A minha Laura – menos minha a cada dia que passa, mas pronto... – está tão crescida! Uma senhora em ponto pequeno. Senão vejamos:
- adora botas e malas e roupas em geral e casacos em particular e tangas e soutiens e tudo o que seja um trapito que encontre à mão de semear. O que faz com eles? Isso não interessa nada, mas sim... as tangas enfiadas no pescoço continuam... Ah, e os soutiens a fazer de chapéus dignos das corridas de Ascot também...
- mete o saco/a mala, seja o que for a tiracolo e diz-nos ´tau (tchau), ´manhã (até amanhã) ou ´deus (adeus). Claro que a voltinha é ir até ao fim do corredor ou deambular entre a sala e a cozinha, mas pronto, despede-se que é de bom tom...
- não dá beijos, dá a cara – não é mesmo de menina crescida?? Conheço tantas assim! Outras vezes dá beijocas para o ar... Chique, chique!
- come que nem gente grande... até assusta! Adora comer sozinha e praticamente já não entorna nada. Lá agarra o pratinho com uma mão, a colher com a outra e ala que se faz tarde.  Toda a gente fica impressionada com o prazer que ela demonstra pela comida mastigável – a sopa não é tanto do seu agrado – e com a destreza e facilidade com que se governa sozinha. E come tanto... ai! Lá vou insistindo – Já chega e tal...? Não, Não... é a resposta, até que, de repente, diz Já ´tá e pronto, não quer mais. Decidida a menina...
- e a brincar ao faz de conta? Ela embala o bebé, passeia-o no seu belo carrinho, faz a papinha e dá-lha – às bonecas e a quem estiver por perto, enfim, dá a volta a todos que a menina gosta de partilhar!
- a atenção que ela dá aos livros e às nossas explicações, situação já mencionada num post anterior...
- tem umas poses... Agora tem a mania de se apoiar só numa perna, encostada à parede/cadeira/mesa, ficando assim a modos que com a anquinha arrebitada e o rabiosque meio alçado, estão a ver...? Sedutora e coquete, já!
...
Não é para querer que o tempo passe mais devagar?! Um dia destes está a pedir-me para lhe comprar tangas - mas não para o pescoço -  e a reclamar que aquele primeiro soutien já não lhe serve - e não se trata da cabeça!... Raistapartisse!!
:o)))))
publicado por mil sorrisos às 10:30
link do post | sorri-me | ver sorrisos (10) | favorito
Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2009

Livros!

É já, declaradamente,  uma das paixões da Laura. Adora! Não me surpreende, é um prazer que está nos genes dos progenitores. Tanto eu como o pai sempre tivemos, desde a adolescência, o hábito da leitura. Eu passava os Verões - como era tímida nessa altura! - em casa, a devorar livros. O pai passava os Verões a guardar cabras, tendo os clássicos da Literatura Portuguesa como companhia. Mundos diferentes, realidades distintas, mas esse prazer em comum desde cedo.

 

Os livros são a única coisa que fazem a Laura parar. Se a quisermos ao nosso colo, quieta, atenta, sossegada, só com um livro na mão. Fica centrada nas imagens e nas palavras e toda ela é atenção. Olha para nós e absorve tudo o que dizemos. Folheia, aponta, diz as palavras na perfeição, repete, fixa... Impressiona a capacidade de processamento de toda a informação. Estou mesmo convencida que o facto de já ter um leque vocabular tão dilatado para a idade - que tem! - se deve à nossa insistência com os livros e ao gosto declarado que ela tem por eles.

 

Regra geral não lhe compro brinquedos. As minhas suspresas para a Laura são, essencialmente, livros. É uma delícia  vê-la seleccionar este ou aquele, puxar-nos para o sofá, pedir colo, instalar-se confortavelmente e entrar naquele mundo de cores, formas, palavras e texturas. Fico feliz por sentir que a minha filha gosta de aprender e de conhecer - é um bom prenúncio para o que aí vem!!

 

:o))))))))))))

publicado por mil sorrisos às 14:46
link do post | sorri-me | ver sorrisos (12) | favorito
Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

Socorro!

A Laura está terrívelllllllllllllllll - leia-se eléctrica, irrequieta, desenvolta, traquina, manhosa, esperta... Socorro! É a coisa mais doce do mundo, mas cansa-nos de uma maneira!! É vê-la, o dia inteiro, a galgar esta sala, cozinha e corredor para trás e para a frente, para a frente e para trás, empurrando cadeiras e mesas, fogões e carrinho de bonecas. Tudo o que possa ser mudado de lugar... é para mudar.

 

Agora também começou na desobediência descarada. Estão a ver aquelas coisas que eles aprendem enquanto um diabo esfrega o olho e às quais acham imensa graça?! Pois... Cá em casa isso significa:

 

-  ligar e desligar o raio do leitor de DVD - não tenho onde pôr o bicho a não ser ali, bem ao seu alcance;

 

-  mexer no temporizador da sala que está ligado ao nosso sistema de aquecimento, entretanto bloqueado com pufs que apenas atrasam a traquinice - desregular aquilo pode significar consumir electricidade durante as horas em que o consumo é mais caro;

 

-  ligar e desligar a nova vassoura eléctrica - maravilhosa, linda, útil... e a minha coisa fofa  tinha logo de topar como funciona! Rsrrsrsrsrsrsr;

 

-  tirar o lixo do caixote da reciclagem, que tem três compartimentos - é vê-la, se nos descuidamos, com os pacotes de leite a pingar a cozinha toda;

 

- agora a nova fixação, para além do Jesu  - que continua! -, é arrastar os nossos sapatos - leia-se as minhas botas castanhas de cano alto! - pela casa fora. Um dia destes calcei-as de manhã e senti qualquer coisa lá dentro, mas como estava com pressa nem vi e aquilo passou-me. No outro dia de manhã voltei a sentir o incómodo e vi... Lá dentro estava, enroladinho, um toalhete da Dodot...

 

- tudo o que sejam cremes, fraldas ou toalhetes não podem ser deixados ao seu alcance, sob pena de serem literalmente esfrangalhados;

 

subir para cima do sofá e ficar lá em pé, em equilíbrio - um dia destes vem parar cá a baixo!

 

- tentativas, umas vezes falhadas, outras bem sucedidas, de se empoleirar em tudo o que sugira remotamente essa possibilidade - pufs, fogão de brincar, mesa dela, cadeiras...o diabo!

 

- ... e a lista poderia continuar...!

 

O que chateia é que ela faz isto tudo sabendo perfeitamente que o não deve fazer. O que chateia é que ela olha deliberada e insistentemente para nós enquanto o faz. O que chateia é que nem umas palmadinhas no rabiosque ou nas mãos a demovem. Mas o que chateia mesmoooooo é o ar de traquinas, o sorriso maroto, a fuga providencial na hora certa, o sentido de oportunidade que nos encanta e amolece na hora H. Impossível não achar graça. Impossível não sentir até um certo orgulho latente, ainda que bem disfarçado perante ela - tem de ser! - na desenvoltura, na esperteza, na manha e, porque não, na inteligência da gaiata!

 

E andamos nisto...

 

:o))))))))))

publicado por mil sorrisos às 15:00
link do post | sorri-me | ver sorrisos (7) | favorito
Segunda-feira, 12 de Janeiro de 2009

Ai Jesu!!

 

... e assim se passaram as festas e se iniciou um novo ano, com muita alegria e calor humano à mistura, como se quer e deseja.

 

Venho dar-vos conta de uma nova mania - enfim, à falta de melhor designação - da dona do meu sorriso. Como disse num post pré-natalício , instaurou-se por aqui a tradição de dar a beijar; à Laura, o menino Jesus, o José e a Maria do nosso presépio,  todos os dias, até ao dia de reis. Tudo muito bem. Ela engraçou com as imagens e frequentemente era ela que  pedia para as ver/beijar. De um dia para o outro começou a dizer Jesu. Certo, bonito, ficámos admirados, mas cheios de orgulho, mais uma palavra! Jesu para aqui, Jesu para ali, o certo é que começou a associar a palavra não só à imagem de Jesus, mas a tudo o que é anjinho, santinho, imagem da Nossa Senhora, sei lá! E aí começou a mania! Onde quer que fosse era vê-la literalmente de nariz no ar e olhar atento à procura do Jesu. E a alegria quando via um?! Imediatamente nos arrastava e nos obrigava a levá-la até ele! Jesu, Jesu, Jesu! É que ela detectava Jesus(es) onde nem nós dávamos por eles! Esta fixação culminou com a ida, no Ano Novo, à casa dos avós paternos, autêntico santuário de imagens religiosas ostentadas um pouco por todo o lado. Basta dizer que no nosso quarto, por cima da cama, há um poster enorme - poster, sim! - de Jesus, ladeado por outras duas imagens de dimensões menores. Claro que isto foi a cereja no topo do bolo na nova mania da Laura! Cada vez que acordava lá apontava para a parede e dizia Jesu! Era também esta a última palavra que dizia antes de adormercer... Claro que o presépio da avó fez as suas delícias e não tem conta as vezes que transportou as ovelhinhas e o pastor de um lado para o outro, já que o resto estava junto, num bloco só, para seu desalento!

 

Entretanto, o nosso presépio saiu da lareira, mas continua bem visível, dentro do móvel da sala. No quarto, a Laura tem dois anjinhos e faço questão que ela os veja e repare neles todos os dias. Não é que esta fixação por Jesu seja uma coisa a alimentar nesta idade - ela não tem noção sequer de quem foi ou o que representa -, mas não me desagrada a ideia da minha filha preferir a imagem de Jesus à do Pai Natal - de quem não gostou e devido a quem chorou baba e ranho, na única tentativa que fizemos de interacção entre ambos numa qualquer superfície comercial...

 

Fotografia do nosso Jesu...

 

:o))))))))))))))))

publicado por mil sorrisos às 10:07
link do post | sorri-me | ver sorrisos (5) | favorito
Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009

Feliz Ano Novo

animk16.gif (2957 bytes)

 

 

A todos quanto por aqui passam, deixando ou nâo vestígios da sua presença, um excelente ano de 2009, pleno de realizaçôes pessoais, harmonia familiar, saúde e muitos sorrisos.

 

Sandra e Laura

 

:o)))))))))

publicado por mil sorrisos às 13:08
link do post | sorri-me | ver sorrisos (5) | favorito

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS