sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

porque o meu sorriso tem um nome .... Laura Daisypath Happy Birthday tickers online
Quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

Fetiche?!

Pois. Temos fetiche.

Perguntam vocês... Da Laura ou meu?

Resposta - Dela!

Perguntam ainda vocês -  Já?!

Resposta - Já!

Perguntam perdidas de curiosidade - A quê????

Resposta - Sapatos!!

 

Sapatos dela, meus, do pai, de quem for. A Laura não é menina de birras, mas se há coisa que a deixa fora de si - a ela e a mim! - são o raio dos sapatos. Tem uma relação com os ditos cujos que deambula entre o amor e o ódio. A saber:

 

De manhã:

- há dias em que há fita porque quer estes em vez daqueles;

- há dias em que há fita porque quer aqueles em vez destes;

- há dias em que quer porque quer usar meias, seja com que sapatos for;

- há dias em que meias, nem vê-las;

- até há pouco tempo havia dias em que não queria sapatos mais fechados, insistia nas sandálias de Verão - já desapareceram do mapa!

 

Sempre:

- quando apanha sapatos nossos, mete os pés dela lá dentro e ala que se faz tarde... percorre a casa naqueles preparos. É assim uma coisa sem explicação!  E consegue sempre meter os pézitos dentro dos sapatos grandes, seja qual for o feitio deles.

 

De vez em quando:

- sapatos, nem vê-los. Quando lhe dá para se descalçar, é um castigo para voltar a calçá-la;

 

Por outro lado:

- já se calça e descalça sozinha na perfeição, se bem que ainda troca o sapato do pé esquerdo com o direito e vice-versa;

 

Pormenor importante:

- transpira dos pés como gente grande... E o cheirinho?! Acho que tenho de providenciar um produto qualquer para amenizar a coisa... É muito mau!

 

E pronto! Era isto...

 

:o)))

 

publicado por mil sorrisos às 10:33
link do post | sorri-me | ver sorrisos (14) | favorito
Terça-feira, 27 de Outubro de 2009

Curtas

- na quinta-feira passada houve reunião de pais no infantário. Confirma-se - a Laura porta-se realmente bem. Não foi sem uma pontinha de orgulho - ok, muito mais que uma pontinha!! - que ouvi a descrição breve feita de cada criança para constatar que ela é das mais bem comportadas, quer na escola, quer em casa. Depois há casos enigmáticos de crianças que têm comportamentos distintos em casa e na escola. Casos agudos e precoces de Dr.Jekll e Mr Hyde?

 

- no sábado a Laura passou o dia com diarreia, o que se reflectiu no apetite - comeu mal -, mas não na disposição. No domingo teve uma pontinha de febre, mas nada de diarreia. Ontem acordou fina e rumou à escolinha, onde esteve bem todo o dia. Diarreia e febre, nem vê-las... Vírus de dois dias?! Já ontem fui eu que passei mal todo o dia, com a barriga às voltas, diarreia e uma má disposição generalizada... Pura coincidência ou virose-ataca-mãe-à-revelia?

 

- domingo traumático - às 10 horas da manhã entrei no ticketline na boa e já estava em processo de aquisição de quatro bilhetes para os U2 quando a net foi abaixo... e nunca mais! Na Worten de Loures, a querida Nádia esperou durante algumas horas. Quando chegou a vez dela.. apenas um bilhete... a 125 euros... e nós queriamos quatro... É muito galo, não acham?! Já estávamos até decididas a dar 125 euros, vejam bem! E pronto, nesse fim-de-semana de Outubro de 2010  não vamos cá estar. Aceitam-se programas alternativos que ofusquem e façam esquecer a vinda desses senhores a Coimbra! rsrrsrsrssr

 

- entretanto, surgiu do nada um programa completamente alternativo no meu cenário de eventos, concertos e outros espectáculos que tais. Assim, no domingo, eu e um grupo de amigas rumaremos ao Parque Mayer para ver a revista Agarra que é honesto. Expectativas ao rubro! Eehehehe

Tenham uma semana fantástica!

 

:o)))

 

publicado por mil sorrisos às 08:17
link do post | sorri-me | ver sorrisos (6) | favorito
Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009

Ela é assim...

Aviso à navegação, há perigo de afogamento... em tanta baba! Aconselham-se coletes de salvação, braçadeiras ou outros objectos similares...

 

 

Tem um feitio doce e calmo. É uma criança perspicaz e que aprende depressa. Tem provado ter uma memória prodigiosa e uma sensibilidade fora de comum. Cativa pela forma como se comporta em contextos sociais diversificados. É uma criança alegre que transmite felicidade. Não me parece excessivamente mimada – ainda que os avós maternos exagerem naquelas coisas que todas nós sabemos! Socialmente porta-se bem, cativando pela alegria e desenvoltura linguística – quando está desinibida. É doce e delicada com as outras crianças, a quem não nega gestos de carinho. Partilha e sabe brincar sozinha e em grupo. A frequentar o infantário desde Setembro de 2008, nunca tive uma queixa dela relativamente a alguma situação em que tenha magoado, brigado ou desentendido com algum amiguinho. Nas disputas com a prima da mesma idade geralmente acaba por ceder – evita frequentemente que as coisas cheguem a vias de facto, já que a prima é um autêntico furacão, leva tudo à frente! Abdica muitas vezes daquilo que tem porque a prima o cobiça, interessando-se rapidamente por outra coisa qualquer. Não é teimosa no sentido obstinado do termo – basta distraí-la com algo, para esquecer rapidamente aquilo que pretendia inicialmente. Não mostra desagrado por nenhuma tarefa em especial e deixa que lhe façam tudo com calma – vestir, despir, tomar banho, lavar cara/mãos, calçar, beber leite, etc. Às vezes lá reclama quando lhe quero cortar as unhas, mas se não for naquele momento é mais tarde. É raro eu fazer de alguma coisa um cavalo de batalha, pois sei que a Laura, daí a pouco, já me permite fazer o que eu quero, nas calmas. Já consegue fazer imensa coisa sozinha – há pouco dei com ela entretida a tentar fazer entrar um botão de um vestidinho dentro da respectiva casa... e conseguiu.

 
Sabem uma coisa? Começo a reconhecer-me nela neste ou naquele pormenor.  É difícil de explicar. A Laura revela a minha influência em pequenas coisas, desde os gostos a algumas manias, passando por traços de personalidade. É tão bom constatar isso! Só espero que seleccione o que tenho de bom e deixe de lado algumas coisitas e características que não interessam nem ao menino Jesus. Tu vê lá, Laura... tu vê lá! A mamã está longe de ser perfeita e tu também o não serás certamente, mas pronto, que herdes o melhor de mim é o meu maior desejo.
:o)

 

  

 

publicado por mil sorrisos às 08:39
link do post | sorri-me | ver sorrisos (15) | favorito
Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

Sobre mim (V)

Às vezes tenho (algumas) saudades:

- do escurinho do cinema;

- de dormir até cair - ou, na falta de melhor, dormir umas oito horinhas seguidas;

- de ser (mais) dona do meu tempo;

- de preguiçar e ter tempo livre para "matar";

- de ver televisão/filmes em condições;

- de tomar duches (mais) demorados;

- de programas nocturnos a sério - e não com recolher obrigatório a determinada hora;

- de ter mais tempo para me dedicar, por exemplo, à leitura e à fotografia;

- de namorar sem horário marcado;

Enfim... reminiscências da época pré-Laura. Desde que ela apareceu que algumas coisas se perderam, é verdade. Não há que rodear a questão, a nossa vida leva uma volta daquelas! Acredito que haja quem acuse o embate e tenha dificuldades de adaptação ao novo estilo de vida, como acredito que haja quem abrace a nova vida com o mesmo carinho e amor com que abraça o filho que a vem modificar para sempre. Decididamente, pertenço ao segundo grupo. Passo por fases em que sinto mais falta de algumas das coisas que enumerei anteriormente, mas começar o dia com um Bom dia, mamâ acompanhado do sorriso mais lindo e doce do mundo não se compara a nenhuma outra coisa. Os outros pequenos prazeres vou-os recuperando com o passar do tempo e à medida que o crescimento e a idade da Laura forem permitindo, não é grave. Passar sem ela, neste momento e para sempre, é impensável. Só escrever nessa possibilidade já me deixa com o coração em sobressalto...

 

:o)))

publicado por mil sorrisos às 09:26
link do post | sorri-me | ver sorrisos (14) | favorito
Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009

Desfralde concluído!

Conseguimossssssssssss!!! Depois de quase 4 meses de treinos intensivos - que me iam levando à loucura, mas isso não interessa nada! - , eis que as fraldas fazem parte do passado!! Já tinha noticiado o desfralde diurno, mas agora é definitivo. Já dorme de noite, sem fralda, há umas duas semanas. É verdade que tenho de a levar a fazer xixi durante a noite - há quem desaconselhe -, mas pronto, isso é apenas um pormenor. Se não fosse assim seria impossível, uma vez que a Laura é a típica mijona, faz imenso xixi!

 

Estou feliz. Mais uma etapa vencida - a custo e não sem algumas dores de cabeça, é verdade, mas vencida e ultrapassada! O pior disto tudo é que a Laura cada vez está mais crescida, mais menina, menos bebé, menos minha... Ai!!!

 

A propósito, já ando a congeminar uma estratégia para vencer o último obstáculo que a  afastará, definitivamente, da bebezice. Pois, a bela da chupeta... Disso vos darei conta em breve.

 

:o))

 

publicado por mil sorrisos às 09:25
link do post | sorri-me | ver sorrisos (14) | favorito
Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

Histórias!

Já que estamos na onda dos rituais, eles também existem entre a Laura e o pai. Os dias dela terminam invariavelmente com ela sentada ao colo do pai ou ao seu lado no sofá, estando os dois rodeados de livros por todos os lados, qual ilha... É verdade, é a hora das histórias! Ela adora ouvi-lo ler e vai repetindo isto e aquilo, ajuda-o a passar as folhas, antecipa as histórias, diz o nome das personagens, eu sei lá! Presentemente há uma colecção que faz as suas delícias. São as histórias do Pedro, um menino de três anos.

 

 

 

Estes livrinhos custam menos de 3 euros no Modelo/Continente e estou decidida a fazer a colecção toda. Para já temos 7 diferentes... As ilustrações são muito apelativas e o texto é muito acessível e em português correcto – apesar de ser tradução – e destinado a crianças que já lêem. De qualquer maneira, descobri as aventuras do Pedro por acaso e também eu fiquei deliciada. Agora digam-me – é válido como argumento para não pôr as nossas crianças em contacto com livros, o preço? Não, não é... Menos de 3 euros é quanto custam estes momentos fantásticos de cumplicidade entre pai e filha. Para além disso, estou perfeitamente convencida que o contacto que desde sempre teve/tem com livros é directamente responsável pela sua desenvoltura linguística. E para bom entendedor...

 

 

 :o)))

 

publicado por mil sorrisos às 09:38
link do post | sorri-me | ver sorrisos (8) | favorito
Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

Torradinha!

Eu e a Laura temos um ritual muito nosso que repetimos 3 vezes por semana, nas manhãs em que entro mais tarde e a posso deixar na escola sem pressas nem correrias. Nesses dias bebe o  leitinho em casa e depois vamos ao café aqui do bairro tomar o pequeno-almoço.  Assim que entramos encaminha-se logo para dentro do balcão e pede o habitual à Carla – rapariga nova, super bem disposta e com um bebé mais velho que a Laura apenas um mês:

- Uma torradinha!
Depois sentamo-nos e esperamos. Quando vem a dita torradinha é uma alegria! A Carla já sabe e traz uma das tirinhas do pão de forma partida aos bocadinhos, num pratinho só para a Laura. O restante vem tudo junto noutro prato. Com a torrada vem o meu cafézinho e um copo de água. A Laura começa por comer a primeira tirinha, depois a segunda – que parto aos bocadinhos e ponho no seu prato – e, muitas vezes, come parte da terceira, ou seja, praticamente come metade de uma torrada sozinha e mais houvesse... Adora! No final, bebe água e vamos à casa de banho lavar as mãos e a boca. Ela própria se levanta e vai sozinha, direitinha ao sítio certo. Depois, pagamos e vamos à nossa vidinha. Claro que a esta hora estão sempre mais ou menos os mesmos clientes no café que se deliciam com tudo isto...
É destes pequenos prazeres que é feito o meu dia-a-dia. Coisas tão simples, mas que fazem tanto pela relação que tenho com a minha filha... É daquelas crianças com quem dá para fazer estas coisas porque se porta sempre à altura. Onde quer que vá... uma senhora em ponto pequeno...
 
:o)))
publicado por mil sorrisos às 09:47
link do post | sorri-me | ver sorrisos (9) | favorito
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

Avancem com teorias s.f.f. (I)

Nota introdutório-explicativa - Sabem aquelas situações que se repetem e acontecem sempre da mesma maneira e nos deixam a pensar e a perguntar porquê...?! Pois, é sobre elas que eu quero teorias, tentativas mais ou menos criativas de explicação, sei lá... Avancem e elucidem-se que eu não sei!

 

Ora, expliquem-me lá por que é que, invarialmente, eu acordo uns 5 minutos antes da Laura?! Seja mais tarde, seja mais cedo, acordo SEMPRE antes dela, quase pareço programada pelo timer de um qualquer aparelho muito sofisticado. Expliquem-me!

 

:o)))

 

 

publicado por mil sorrisos às 09:39
link do post | sorri-me | ver sorrisos (8) | favorito
Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

Conversas...

Regra geral sou sempre eu que vou buscar a Laura à escola. Ultimamente, n´alguns dias da semana, acontece ir equipada com a roupa que uso no ginásio por uma questão de conveniência e poupança de tempo. Normalmente fazemos o percurso de regresso a casa em amena cavaqueira. Lá lhe pergunto o que ela fez e ela vai dizendo. Mantemos contacto visual pelo espelho retrovisor. Ontem, de regresso a casa, a conversa foi esta:

 

- Foste à ginástica, mamã? (a Laura identificou a roupa que já associa à ginástica...)
- Sim, meu amor.
- Com a Dora? (disse-lhe uma vez que a mamã e a Dora passariam a ir juntas à ginástica... não se esqueceu...)
- Sim, com a Dora que é mamã de quem?
- Do Rodrigooooo! ( e ri-se, contente, ao referir-se ao amiguinho).
- Muito bem, do Rodrigo! 
- Mamã, fizeste assim na ginástica? Mãos para cima, mãos para baixo (e faz os gestos perfeitinhos e em sintonia com o que ia dizendo -   cima para cima, baixo para baixo).
- Simmmmmm, mesmo assim!!
- Muito bem, mamã!!! ( e continu0u a repetir e a fazer, mãos para cima, mãos para baixo...).
 
É dos melhores momentos do meu dia. Estas conversas enchem-me de alegria e orgulho. Aquilo que aqui reproduzi é dito por ela na perfeição, cada sílaba, cada palavra... Quanto orgulho!
 
:o))))
publicado por mil sorrisos às 09:32
link do post | sorri-me | ver sorrisos (12) | favorito
Quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

Lorigando...! (II)

Três colagens de fotos gentilmente cedidas pela querida Nádia e pelo prestável João C.. Infelizmente a minha digital está avariada e solicitei que me enviassem fotos dessa manhã fantástica. Não fazem justiça àquilo que vi e senti nesse dia, mas ficam com uma pequena ideia... Espero que vos aguce o apetite.

Fotos da Nádia

 

 

Fotos de João C.

 

 

 Fotos de João C. - os caminhantes!

 

No post de ontem esqueci-me de referir uma coisa extraordinária e que coloriu ainda mais a caminhada de sábado - a t´shirt da minha querida amiga Nanda! Não é que a dita cuja tinha uns cordões de lado que se puxavam, qual percianas japonesas, deixando ver a sua lisa e ainda bronzeada barriguinha?! Que invenção fantástica! Aquilo é que foi ver a bela da Nanda a subir e a descer os cordões de acordo com a subida da temperatura... Há coisas realmente fantásticas, não há?!

 

:o)))

 

publicado por mil sorrisos às 09:49
link do post | sorri-me | ver sorrisos (8) | favorito

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS