sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

porque o meu sorriso tem um nome .... Laura Daisypath Happy Birthday tickers online
Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

Bom ano e coisa e tal...

... para todos os que nos lêem. Que 2010 seja um ano inesquecível e marcante na vida de todos pelas coisas boas que decerto trará.

 

A Laura manda dizer - depois do desvio que me fez das teclas um dia destes - que vos deseja boas surpresas e muitos motivos para sorrir em 2010. Ei-la, em todo o seu esplendor e beleza... Que nunca vos faltem sorrisos destes nas vossas vidas...

 

:o)))

publicado por mil sorrisos às 18:37
link do post | sorri-me | ver sorrisos (12) | favorito

...and the winner is...

... Laura!!! Falo, claro está, do balanço final da minha escapadinha a Viseu. Vejamos:

 

- Laura:

. dois pares de calças;

. um fato de treino;

. um vestido de malha;

. meia dúzia de ganchos.

 

- Mãe:

. um casaco;

. uma camisola.

 

Resta-me acrescentar que a insistência nos ganchos se prende mais com a graça da coisa que propriamente com a necessidade que a Laura tenha desses objectos... que (ainda) não tem! Ontem à noite saímos para ir ao café e o gancho que a Laura levou já jazia no chão do dito cujo. Não fosse uma mãe atenta e um olhar de lince e pimba... menos um! De qualquer maneira, é garantido... não regressaremos a casa com a meia dúzia completa!

 

:o)))

publicado por mil sorrisos às 09:30
link do post | sorri-me | ver sorrisos (4) | favorito
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

30 meses!

A mãe foi a Viseu e eu aproveitei, deitei o papá que está a dormir a sesta e apoderei-me aqui do PC que, com a cortesia do Grupo Desportivo aqui da terra, tem Net. Os avós estão um pouco abismados a olhar para mim... Se para eles o PC é um bicho estranho, ver a netinha de 30 meses a manuseá-lo é o fim do mundo, como devem calcular. Já soltaram uns valentes Ai meu Deus e Que nosso Senhor nos proteja e tudo!

 

Há muito tempo que não escrevia aqui nada, eu que não me calo! Que dizer destes 30 meses de vida? Têm sido fantásticos e deliciosos! As coisas que tenho aprendido...!

 

Por uma questão de economia de narrativa e porque o papá pode acordar a qualquer momento, fico-me por um Best Off destes 30 meses:

 

. a parte mais aborrecida foram mesmo os meses iniciais, em que pouco mais fiz que comer, dormir e chorar.Boringgggggg... É aquela altura em que os adultos se juntam muito à nossa cara e nos falam naquele cutchi cutchi irritante. E a forma desajeitada como alguns insistem em nos pegar? Credo!! 

 

. a partir do momento em que comecei a ter mais consciência do mundo, fez-se magia! Que emoção... Tanta coisa para ver, tocar, fazer, aprender... Esta foi a fase do deslumbramento que continua! Descobri as formas e as cores, as texturas e os sons, o meu próprio corpo e o dos outros... Comecei a mexer-me mais e com mais independência... Passei pelo sentar, rebolar, gatinha, andar, correr... Enfim! Agora não há pai para mim!

 

. a linguagem... as primeiras palavras... as primeiras frases!!!! Sabem, eu sempre ouvi com muita atenção tudo o que me disseram e sempre tive a tendência de repetir aquilo que ia ouvindo. Talvez venha daí o facto de ter começado a falar cedo e de forma muito correcta. Para além disso, o papá e a mamã sempre falaram muito comigo, mesmo quando eu nem lhes dava troco. E as histórias também  estiveram sempre presentes... Seja como for, hoje converso muitoooooo e digo muitas coisas a quem quiser falar comigo;

 

. destaco também a entrada no infantário e o contacto com os meus amiguinhos e colegas. Adoro todos e, segundo a Amália e a Fatinha, porto-me muito bem. Nunca faço mal aos meninos e eles, por me verem tão pacata e serena, também não são maus para mim. Perfeito! Assim, aproveito apenas o melhor que cada um deles tem... E não devia ser sempre assim??

 

. os meus priminhos Mariana e Dioguito, os meus companheiros de sempre e para sempre, que vivem mesmo aqui ao lado, são muito importantes para mim. Vamos crescer juntos!  Adoro-os!

 

. de resto, já não uso fralda nem chucha. A mãe diz que estou muito crescida, uma senhora! Só faltam duas coisinhas - deixar de beber leitinho pelo biberon e passar a comer a sopa sem ser passada. Mas bem, uma menina não pode crescer assim muito de repente, tem de ser aos poucos, né? Deixem-me lá com o meu biberon e o meu caldinho...!

 

Ui... Ouço o papá a remexer-se nos lençóis... Vai acordar! Tenho d´ir. A mamã foi para as compras com a Nandinha, não lhe digam nada, está bem?? É que eu prometi-lhe que me deitava com o papá para me assegurar que ele dormia bem a sesta, quentinho e aconchegado. Pai sem sesta é chato e irritadiço, não concordam?? Que a mamã não sonhe!

 

:o)))) 

 

.

publicado por mil sorrisos às 14:03
link do post | sorri-me | ver sorrisos (8) | favorito

Canção infantil (mas pouco...)

Indo eu, indo eu

A caminho de Viseu.

Desencaminhei a querida Nanda,

Aí saldos, lá vou eu!

 

A Laura fica c´om o pai

E que bem ficam os dois.

Não tenham saudades minhas

qu´eu vou e venho depois!

 

:o)))

 

publicado por mil sorrisos às 11:39
link do post | sorri-me | ver sorrisos (10) | favorito
Segunda-feira, 28 de Dezembro de 2009

Do Natal e das chuchas...

Primeiro a grande novidade - temos Internet em casa dos meus sogros, em Loriga, Serra da Estrela. Aqui a colectividade desportiva do lado tem nova ligação que, por enquanto, está em sinal aberto. Boa! Assim a malta pode ir escrevendo umas coisas durante a semana que por aqui vai ficar!

 

Curtas sobre o Natal:

- foi quentinho e aconchegante, na casa do meu irmão, e na companhia dos meus pais e dos sogros dele, para além das nossas crianças - Laura, Mariana e Diogo;

- o Pai Natal não apareceu - as meninas têm medo -, mas as prendinhas foram mais que muitas. A Laura recebeu muitas cosinhas lindas e foi vê-la, muito compenetrada, a fazer o seu montinho, a esperar expectante pela próxima e a colocá-las todas nos sacos, com muito zelo e calma. Cada presente foi recebido com aquele sorriso doce que já a caracteriza...

 

E as chuchas?!

Tudo aconteceu de acordo com a estratégia... e resultou!! Desde a noite de 24 de Dezembro que não há chucha para ninguém. Nessa noite ainda choramingou e acordou às tantas da manhã com uma birra monumental, mas foi só nessa noite. Tem dormido a sesta, adormecido de noite e bebido o leitinho - bebia-o entermediando a chucha com o biberon - sem chucha. Às vezes ainda a pede em surdina, baixinho, mais dela para ela que dela para nós, mas basta lembrar que ela já é crescida e que as chuchas estão com o Pai Natal e o Menino Jesus para acatar e esquecer... Linda menina! O grande teste, será o regresso ao infantário, em Janeiro... Aí será a única sem chucha, será que não vai fraquejar?? Aguardemos...

 

Por aqui está muito frio. Estou na cozinha, onde nos aquece um braseiro de brasas!! Vai ser uma semana dolorosa, o Inverno aqui custa muiiittttooooooo!! A Laura anda encantada com tudo, ela adora cá vir, seja Verão, seja Inverno. Não há frio que a assuste ou desanime, já a mim... Socorrrooooooo!

 

:o)))

 

publicado por mil sorrisos às 11:05
link do post | sorri-me | ver sorrisos (8) | favorito
Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2009

A estratégia

Não, não se trata do título de um qualquer filme de acção, é apenas um plano muito familiar que pretende eliminar a chucha do universo da dona dos meus sorrisos. A coisa já está pensada há muito tempo e a própria Laura já tem conhecimento do que vai acontecer - foi feita uma espécie de mentalização prévia que começou lá por Setembro. Então, amanhã as suas chuchas serão oferecidas ao menino Jesus e ao Pai Natal que, em troca, deixarão duas prendas só para ela. A partir daí a Laura deixará de ser bebé como o primito Diogo e passará a ser crescida - esta parte agrada-lhe bastante!

 

Bem sei que ela tem apenas 2 anos e meio, mas a questão é que a chucha não interessa nem ao menino Jesus... ou melhor, só lhe interessa a Ele, já que Ele  vai levar uma delas. Passo a explicar a estratégia:

 

-  hoje à tarde, no infantário, ela pedirá a chucha que lá tem para a sesta à Amália para que seja entregue, juntamente com a que ela tem em casa, a quem de direito;

 

- como esta coisa do menino Jesus e do Pai Natal está um pouco confusa na cabeça da pequena, resolvemos que o melhor é contemplar os dois. Assim, arranjarei duas caixinhas. Amanhã, antes de sairmos de casa para passarmos a consoada na casa do meu irmão, a Laura colocará as duas chuchas nas duas caixinhas. A destinada ao menino Jesus será colocada ao pé do Presépio e a outra, para o Pai Natal, debaixo da árvore;

 

- quando regressarmos a casa a Laura não encontrará as caixinhas com as chuchas, mas estarão dois presentes debaixo da árvore de Natal, deixados expressamente pelo Pai Natal e pelo menino Jesus. Nessa noite, já não haverá chucha para ninguém...

 

Sinceramente estou muito apreensiva com o plano, não sei se a Laura aceitará tudo isto de bom grado, mas pronto, é uma primeira tentativa. O pior que pode acontecer é chegarmos à conclusão que é cedo de mais e termos de voltar a colocar as malfadadas em acção, sem prejudicar o bom nome e a reputação do Pai Natal e do Menino Jesus, claro! Afinal de contas, nem um nem outro foram consultados a respeito... Depois contarei tudinho! Entretanto, no sábado partiremos rumo à Serra da Estrela onde nos espera uma família saudosa da sua pequenina Laura e um frio de rachar... Passaremos lá a próxima semana e o ano novo.

 

Aproveito para desejar um FELIZ NATAL a todos quantos nos acompanham. Que seja muito quentinho  e feito de muitos sorrisos e gestos de carinho. No final, essas são as prendas que realmente nos iluminam o rosto e a alma... Já agora, que 2010 vos traga tudo aquilo que mais desejarem, principalmente saúde, muita saúde...

 

:o)))

publicado por mil sorrisos às 09:07
link do post | sorri-me | ver sorrisos (18) | favorito
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2009

Pai Natal ou Menino Jesus?

Aqui o clã anda dividido - devemos alimentar o mito do Pai Natal ou antes associar o Natal ao nascimento do Menino Jesus?

 

Esta história do velhote barbudo é coisa recente, uma modernice americana que surgiu numa publicidade à Coca-Cola e que caiu no goto do resto do mundo que rapidamente aproveitou o simpático velhinho para incentivar ao consumismo... Todos conhecem a história! 

 

Já o menino Jesus tem raízes bem mais antigas e bem mais nossas. O pai da Laura, nascido e criado numa vila da Beira Alta, cresceu na crença de que as parcas prendas que lhe surgiam no sapatinho eram da responsabilidade do Menino Jesus, que assim partilhava com todos a alegria do Seu Nascimento... Pai Natal?!  Nesses tempos não havia GPS que levasse o seu trenó ao interior do país!

 

Já eu, menina da cidade, sempre tive o Pai Natal como figura obrigatória desta época festiva. Apesar dele nem sempre aparecer, as prendas eram apresentadas como sendo obra sua.

 

E agora temos a Laura... Por um lado não gosta do Pai Natal - tem tido reacções de medo que a levam às lágrimas -, mas já o associa às prendas. Por outro, adora o menino Jesus e isso não é de agora. E estamos neste impasse...

 

Creio que é fundamental a associação ao Menino Jesus - afinal, é Ele a razão da existência do Natal! Claro que o Pai Natal vai estar sempre presente, seja na publicidade, seja em tudo quanto a rodeia, mas não me parece que ele surja alguma vez cá por casa. A chaminé é muito estreita e não há estacionamento para as renas...

 

Ups... acho que acabei se sair do impasse... Boa!!

 

:o)))

 

 

publicado por mil sorrisos às 09:32
link do post | sorri-me | ver sorrisos (6) | favorito
Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2009

Cúmulo da solidariedade...

... é a Laura partilhar com a prima Mariana a varicela. Há lá atitude mais generosa e desinteressada??

 

:o))

publicado por mil sorrisos às 13:16
link do post | sorri-me | ver sorrisos (4) | favorito

A primeira noitada (ou o princípio do fim...)

Uma troca de mail´s entre amigas na quinta-feira e eis que é agendada, praticamente de um dia para o outro, uma jantarada para sábado. Não gostam destes programas marcados em cima da hora e sem qualquer tipo de preparação/combinação prévia demorada e, por vezes, penosa? Eu adoro! Jantares têm sido muitos, mas com estas características foi a primeira vez...

 

A escolha do sítio foi feita no próprio sábado à tarde e recaiu sobre um local mítico e mágico que já conhecíamos da época Pré-Laura - a Taverna do Trovadores que bebem do branco e do tinto a qualquer hora do dia ou da noite. Sim, o nome é longo e, há uns anos, era o nome de Restaurante/Bar mais comprido do mundo! Vale a pena a visita.  O local tem um Bar em que podemos ouvir  boa música Portuguesa, ao vivo, e beber um copo num ambiente intimista e muito agradável. É apenas uma troca de salas...Fica em São Pedro de Sintra, essa bela é gélida localidade... 

 

Mais uma vez a Laura esteve em grande. Esbanjou simpatia, tagarelou à esquerda e à direita, deliciou-se e entreteve-se muito com o livrinho O meu primeiro Natal que a madrinha lhe ofereceu, enfim, uma ternura. Por volta da meia-noite, e uma vez que a menina ainda estava para as curvas, aventurámo-nos no Bar. Estava um pouco apreensiva... ambiente à média luz... microfones e colunas... muita gente... mas qual quê! As minhas estimanas queridas logo se encarregaram de ensinar à menina mil e uma coreografias - e para dançar sentada, o que é verdadeiramente espantoso! Mãos para cima, braços para baixo, palmas e fixes - polegar para cima -, ali houve de tudo. A Laura estava radiante - a música não a incomodou minimamente - e nós enternecidos com ela e deliciados com a selecção musical de primeira linha – Zeca Afonso, Fausto, Rui Veloso, Carlos Paião - excelentemente interpretada pelos músicos residentes. A certa altura a Laura encostou-se mais e pediu a chucha... sem stresse... sem birras... apenas acalmou, enroscou-se e deixou-se ficar, como que a dizer... Está na minha hora, mamã, mas vamos só quando quiserem, que eu estou bem ao teu colo a ouvir esta música bonita... Aproveitámos o intervalo para bater em retirada, era uma da manhã.

 

 E pronto... Passou no teste e é mais que certo – vai ser uma noctívaga convicta e empenhada para alegria dos papás que não gostam nada destas coisas de jantares e afins... nadinha mesmo!

 

 :o)))

 

 

 

 

publicado por mil sorrisos às 08:28
link do post | sorri-me | ver sorrisos (2) | favorito
Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

Festa de Natal

Foi ontem a festinha de Natal da Laura. Juntaram os meninos mais novinhos - sala dos 1, 2 e 3 anos -, utilizaram o ginásio de uma colectividade que fica paredes meias com o infantário, embonecaram o recinto e pimba... festa!

 

A Laura esteve ausente quase duas semanas por causa da varicela, mas voltou a tempo da troca de prendinhas e de contactar com a musiquinha que os meninos da salinha tinham para apresentar na festinha. O poema foi-me entregue para que treinasse com ela e assim fiz. Memorizei aquilo na hora - duas quadras apenas - e massacrei a pequena durante 3 dias. No final, já se recusava a cantar comigo ou sequer a ouvir-me - como eu a compreendo!

 

Que dizer? Correu bem! A salinha dela tinha apenas uma música de Natal, mas a outra sala dos 2 anos apresentou uma espécie de presépio vivo, em que as crianças iam entrando devidamente enfarpeladas e ocupando o seu lugar, com a orientação de uma educadora, claro! Bem mais interessante e criativo, na minha modesta opinião, mas pronto... O grupo da Laura esteve bem. Ninguém saiu do seu luigar. Alguns baloiçaram ao som da música - a Laura foi uma das que mais "dançou" e "cantou"  -, mas o momento mais digno de registo foi aquele em que a priminha da Laura, a Mariana, - foi lá ter com a minha mãe - invadiu o recinto para esbeijocar a Laura em plena actuação. Foi lindo e levou a uma gargalhada generalizada de todos quanto assistiam ao evento. Acrescente-se que já antes disso - e depois! - , a Mariana várias vezes deixou a avó, irrompeu pelo meio dos pais e familiares, dirigiu-se à prima e deu-lhe muitos beijinhos. Depois virava-lhe as costas e vinha, pelo mesmo caminho e sem desorientação, ter com a avó ou comigo. É uma fofa esta miúda e adora a prima, aliás, elas adoram-se mutuamente! No final, a Laura teve direito a lanchinho e a prendinha - um trem de cozinha para ninguém botar defeito!

 

Para o ano há mais!!

 

:o))

 

publicado por mil sorrisos às 15:50
link do post | sorri-me | ver sorrisos (4) | favorito

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS