sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

porque o meu sorriso tem um nome .... Laura Daisypath Happy Birthday tickers online
Quarta-feira, 30 de Novembro de 2011

Adeus biberão - ou como, afinal, não custou nada...

Há quase um ano preparámos um enredo para fazer desaparecer o dito cujo da rotina diária da Laura. Na altura, esta tentativa fracassou e deixámos de pensar nisso - queres biberão, bebe pelo biberão. Entretanto, em Fevereiro, começou a beber o leite, pela caneca, na escola - era a única que ainda não o fazia e lá conseguiram que começasse a bebê-lo como os outros. Nem por isso voltámos à investida do Natal. Achámos que era importante que começasse a beber o leite pela caneca nesse contexto, mas em casa... deixá-la!

Ontem, ao lavar a tetina do biberão que usa, reparei que estava cortada do lado oposto ao da saída do leite - ela tinha mordido aquilo de tal forma que lhe abriu um rasgo enorme, inutilizando-a por completo. Ora bem, era a dica que faltava!

- Não temos outra em casa - por acaso até tínhamos uma a mais, mas pronto... -, não há nada a fazer, Laura, hoje já tens de beber o leite pela caneca da Kitty - prenda de Natal do ano passado que acabou por nunca ser utilizada... Houve algum amuo e resistência inicial, mas lá bebeu uma caneca de leite quase sem pestanejar. Muitos elogios, muito orgulho demonstrado da nossa parte e tal e coiso. Hoje de manhã foi o teste derradeiro - bebeu depressa e bem, sem problemas. Hoje à noite a mesma coisa... Resumindo e concluindo, o biberão já era!

 

Estou muito satisfeita com a forma natural como tudo aconteceu. Era algo que eu sabia que tinha de ser "resolvido" um dia destes, mas nunca dramatizámos a situação nem fizemos disso um cavalo de batalha. Houve uma tentativa séria nesse sentido, não resultou, esquecemos. E agora fomos presenteados com esta situação providencial...

 

Nisto tudo só há uma coisinha que me deixa ligeiramente combalida - a minha menina deixou de ser bebé, em definitivo... Quando a via agarrada ao biberão ainda tinha essa ilusão, mas agora nada a fazer. A minha Laura está cada vez menos minha...

:o))

publicado por mil sorrisos às 23:57
link do post | sorri-me | ver sorrisos (7) | favorito
Domingo, 27 de Novembro de 2011

Vamos lá ao quiz - que ninguém acertou, já agora...

Pois bem, quando a Laura se referiu à mãe como "lisinha e estreitinha" quis dizer que a cara da mãe é zona livre de pelos (lisinha) e que o pescoço da mãe é estreito, em comparação com a penugem do pai - Pica, pai! - e com a sua largura de... colarinho. É isto!

:o))

publicado por mil sorrisos às 21:15
link do post | sorri-me | ver sorrisos (2) | favorito
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2011

Uma coisa é certa...

... pelo menos uma pessoa lucrou imenso com a greve - a Laura hoje ficou comigo em casa.

:o)

publicado por mil sorrisos às 20:41
link do post | sorri-me | ver sorrisos (1) | favorito
Terça-feira, 22 de Novembro de 2011

Quiz - há que tempos que não vos melgava com um coiso destes!

Ora bem... O que quis a Laura dizer quando, uma manhã, se saiu com esta:

- Mamã, és tão lisinha e estreitinha!

Dica, que eu sou amiguinha - não tem nada a ver com peso!

:o))

publicado por mil sorrisos às 23:23
link do post | sorri-me | ver sorrisos (8) | favorito
Domingo, 20 de Novembro de 2011

Conversas de alto nível - ou como estive quase, quase a dar-lhe uma lição sobre corrupção...

Conversa no carro, num destes dias.

- Mamã, os carros compram-se, custam dinheiro?

- Claro que sim, Laura, aliás, tudo aquilo que tu vês e usas custa dinheiro, desde as casas, à mobília, aos livros, à roupa, aos alimentos... TUDO! (blá, blá, blá, nesta linha de raciocínio)

- Percebo, TUDO custa dinheiro e os crescidos têm de trabalhar para poder comprar as coisas.

- Isso mesmo. Percebeste?

- Percebi, mamã

(Silêncio, quase consegui ouvir as ideias dela a borbulhar dentro daquela cabeça!)

- Mamã, se TUDO se compra... as árvores compram-se?

- Na natureza, Laura, há árvores que nasceram sozinhas e que ninguém plantou, mas há outras, aquelas que dão a fruta, que se plantam. Para ter essas temos de comprar uma sementinha e plantar na terra.

- E as pessoas, mamã, também se compram?

(Ups, aqui fiquei um cadinho aflita e estive tentada a explicar-lhe uma ou outra coisa relativamente ao dinheiro, à corrupção, aos interesses que unem as pessoas e as fazem, quantas vezes, esquecer valores e crenças pessoais, ao negócio do tráfego humano que existe até na Europa, à exploração do trabalho infantil, enfim... mas respirei fundo e pensei para mim - Ela é muito à frente, mas só tem 4 anos... Hellllooooo!!!)

- Laura, as pessoas trabalham para ter dinheiro para comprar coisas, mas não podes usar esse dinheiro para comprar pessoas...

- Ah, percebi tudo mamã!

(Ufa...esta miúda dá-me a volta ao discurso... e às ideias!)

:o)

publicado por mil sorrisos às 10:41
link do post | sorri-me | ver sorrisos (6) | favorito
Quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

Hoje de manhã saiu-se com esta...

- Olha, mãe, o monstro da farinha acordou com os pés de fora!

:o)

publicado por mil sorrisos às 22:21
link do post | sorri-me | ver sorrisos (6) | favorito
Terça-feira, 15 de Novembro de 2011

Pulseiras malucas - ou como tudo pode ser outra coisa...

Vem este post a propósito daquelas pulseiras que inundam os pulsos das nossas crianças e que têm formas e cores muito diversas. Quando são muitas não passam de um emaranhado disforme e confuso onde pouca coisa se distingue, mas quando separadas podem ser mágicas... Descobrimos, cá em casa, uma utilidade didática para essas pulseiras... e que utilidade! Elas são do melhor para contar/inventar histórias! A Laura tem algumas - umas 20, nem sei bem! - e sempre que insiste em usá-las consigo fazer com que as tire do pulso, disponha em cima de uma mesa e.... Bem, então a imaginação voa! Seleciono umas 4/5/6 de cada vez e tentamos inventar histórias/enredos em que entrem os objetos que elas representam. As possibilidades são infinitas, as combinações fantásticas! Experimentem... vão ver as gargalhadas deliciosas que vão soltar. São apenas pulseiras, mas podem ser muito mais!

:o)

publicado por mil sorrisos às 20:56
link do post | sorri-me | ver sorrisos (10) | favorito
Segunda-feira, 14 de Novembro de 2011

Ela cumpriu...

... hoje veio da escola com uma pulseira verde feita de lã entrelaçada, sinónimo de bom comportamento. Tenho instruções para não a tirar - tratam disso na escola, amanhã. Tenho uma filha... verde!

:o)

publicado por mil sorrisos às 22:45
link do post | sorri-me | ver sorrisos (10) | favorito
Domingo, 13 de Novembro de 2011

Parece que está decidido!

- O que é que queres ser quando fores grande, Laura?

- Quero se Mãe!

:o)

publicado por mil sorrisos às 11:10
link do post | sorri-me | ver sorrisos (10) | favorito
Sexta-feira, 11 de Novembro de 2011

Só para comunicar...

... que hoje se comemoram, por aqui, 11 anos de casamento. 11 anos de vida em comum no dia 11.11.11! É obra! É muito 1 junto, até me dá medo! De qualquer maneira, parabéns a nós, maridinho. Tem sido... interessante!;o)

:o))

 

Ah... muitas vénias aos senhores do SAPO. Podem comer meia dúzia de castanhas e beber um copinho de gerupiga e "pendurar" na minha conta, estão à vontade!

:o)

publicado por mil sorrisos às 18:19
link do post | sorri-me | ver sorrisos (20) | favorito

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS