sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

porque o meu sorriso tem um nome .... Laura Daisypath Happy Birthday tickers online
Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

Ai a minha cabeça (II)...

Como prometido, mais situações provocadas pela minha cabeça de vento:

 

. é sabido que a Laura detesta, odeia, não suporta, abomina sapatos. Não perde uma oportunidade para se ver livre deles. Há alguns muito fáceis de descalçar, basta bater com o calcanhar um no outro que o sapato vai à vida. Claro que a Laura descobre essas coisas na hora... enfim... até assusta! Pois bem, já foram várias as situações em que, estando sozinha com ela (acontece sempre quando estamos só as duas, que azar!), dou conta da falta de um dos sapatos quando estamos de regresso ao carro. Lá vamos nós, eu toda esbaforida, fazer o percurso inverso com os olhos no chão... É triste ou não?! Felizmente encontrei sempre os sapatos perdidos, no chão, ou nas mãos de seguranças a quem os entregaram...

 

. pois, as benditas sopas e frutas cozidas... Confesso, mea culpa, já as deixei queimar umas duas vezes. É que é tudo muito rápido, fracções de segundos e pronto... lá se esgota a água e lá se queima tudo. Pior que fazer tudo de novo é o cheiro que fica na cozinha...bahhhhhhhhhhhhhhhh...

 

. por falar em queimar, sem entrar em pormenores, fica aqui registado que queimei uma chucha quando estava a fervê-la. Não se aproveitou nadinha, nem tacho, nem chucha e o cheiro a borracha queimada andou por lá uns dias... (sem comentários...)

 

. este episódio é, talvez, o mais caricato de todos. Imaginem a situação. Jantar de amigos num restaurante. Levo o leite para a Laura já pronto, num biberon. Se bem me recordo, era leite meu. Ela ainda mamava. Quando chega a hora, peço a um dos empregados que faça o favor de aquecer o leite. Algum tempo depois o senhor volta com o biberon. Parece-me que estará na temperatura certa, preparo a Laura e começo a dar-lho. Estranho. Ela bebe, mas a quantidade parece não sofrer alterações. Deve ser impressão minha, ela está a sugar bem. Continuamos. Ela começa a ficar um pouco impaciente e eu vejo que, realmente, a quantidade de leite parece não ter sofrido alterações. Mau. Viro o biberon e... nem uma gota sai do dito. Que se passa? Entretanto, já todos na mesa se aperceberem do que se passa. O biberon é novo, se calhar tem o buraco de saída pequeno... O que faço eu (esperta!!)?? Pego num garfo e toca de esburacar o buraco, na esperança de o alargar... E não é que continua sem sair uma gota que seja???? Entretanto, já a risada era geral. De repente, fez-se luz. Calmamente, desenrosquei a parte do biberon que tem a tetina e vi... a porcaria da pecinha branca que os biberons têm lá estava, a rir-se trocista para mim! Não quis acreditar! Nesta altura a gargalhada foi geral. Acho até que as mesas vizinhas se aperceberam de tudo. Fiquei tão envergonhada! O pior é que, como alarguei o bico da tetina, a Laura, coitadinha, teve dificuldade em controlar a corrente de leite que saía. Que mãe triste lhe coube em sorte!

 

Ai, agora fiquei sem coragem de contar mais coisas... Que vergonha!

 

Sandra over and out! (por agora...)

 

 

publicado por mil sorrisos às 23:24
link do post | sorri-me | favorito
11 comentários:
De Just Moments a 15 de Abril de 2008 às 01:05
Pois é..acontece a todas!!

Beijos
De mamaepedro a 15 de Abril de 2008 às 09:27
Eu sempre fui muito certinha, mas depois de ser mãe fiquei mais despistada pq tou sempre com o pensamento nele, mas nunca me aconteceu nada de especial...

Beijokinhas
De C. a 15 de Abril de 2008 às 09:49
Eu também queimei biberons no tacho a fervê-los...e claro que tinham de ser logo os dois...e o G ( o pai) também lhe aconteceu com biberon. A sopa acontece a todas....( ou então somos nós que somos mesmo desastradas!!!).
E quando vem o segundo pensamos que já sabemos tudo e então esquecemos das coisas em casa :s

É bom ser mãe...daqui a um tempo vais te rir de tudo isso vezes sem conta!!!!!!

Felicidades,C.
De bebedelicia a 15 de Abril de 2008 às 16:52
Ainda me estou a rir da situação do biberão!!
Nós realmente fazemos cada figurinha.... mas penso que no fundo somos todas assim. Porquê? Porque os pais nunca se preocupam em saber se não falta nada, eles pegam nas chaves do carro e...toca a andar e as coitadas das mães que se lembrem de tudo.
Beijinhos
De mariarosales@sapo.pt a 15 de Abril de 2008 às 17:38
Fartei-me de rir. É por essas (e por outras) que não temos ido jantar fora todos juntos! Da última vez tive o mais novo a ir atrás de todas as pessoas que saiam do restaurante.
De Constança a 15 de Abril de 2008 às 22:07
HAHAHAHAHA
Fartei-me d e rir..loool..não tenhas vergonha..se bem que essa cabeçinha LOL....Isso aconteçe ainda estás a habituar-te..olha coitada de mim que nem de casa posso sair... :( Enfim....para me acontecerem cenas dessas...
Beijocas e beijocas para a Laurinha
De Raquel a 18 de Abril de 2008 às 16:34
olá Amiga, que saudades. esta tudo bem?
E a Laura?Deixa lá que estas coisas acontecem a todas.
Beijocas.
De P@tty a 21 de Abril de 2008 às 23:11
Ah ah ah ah ... mãe de primeira viagem é assim mesmo!Mas já no tempo do Diogo eu usava um produto próprio para esterelizar as tetinas e chuchas, sem precisar ferver.
Desejo-lhe muitas felicidades!
Bjs e boa semaninha.
De me a 23 de Abril de 2008 às 10:50
Deixa lá acontece às melhores!

Olha eu uma vez, fui visitar a minha mãe, levei a sopinha da minha e deixa-a fora do frigorífico. Como fomos jantar fora, levei a sopinha. Lá chegando estava azeda e eu enm leite, nem nada para lhe dar :(

bjokas
De Lina a 24 de Abril de 2008 às 06:37
Uma mãe tem sempre tantas coisas em que pensar! Adorei as tuas aventuras com a Laura!

sorri-me

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS