sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

porque o meu sorriso tem um nome .... Laura Daisypath Happy Birthday tickers online
Terça-feira, 12 de Janeiro de 2010

Ó pá!

A propósito deste post, lembrei-me que se impunha aqui uma actualiazação relativamente a esta situação.  

 

Noutros tempos, partilhar-me com os outros meninos da sala, quando a ia buscar, era praticamente impossível. A Laura, muito obstinadamente, sempre me quis só para ela naquela hora do reencontro. A minha mãe para aqui, encontrão para ali, qual folhetim de faca e alguidar, nunca permitiu aproximações! Era sempre aquela cena!

 

A actualização é dura e cruel... Pois que a menina, neste momento, não só me ignora quando me vê a chegar - enquanto os outros gritam histéricos, a mãe da Laura! -, como não quer vir comigo. É verdade... Quando passo na janela que cobre toda a parede, nem sai do local onde se encontra, quando dantes corria e levava tudo e todos à frente. Os outros chegam-se à janela, dizem-me adeus e ela, nada, impávida e serena. Quando chego à porta, é a custo que vem até mim. Tenho de insistir muito e fazer de conta que me vou embora - com direito a dizer adeus, a fechar a porta e a estar um bocado cá fora à espera de reacções. Depois lá vem, pouco convencida... Acontece-me isto praticamente todos os dias.

 

E estou assim... Se dantes achava um exagero aquele sentimento de posse que tinha relativamente a mim e que a fazia ser cruel com os outros meninos, agora sinto-me triste pela recepção nada calorosa que me anda a fazer... É certo que depois aquilo passa. Logo me dá a mão e aceita de bom grado o meu colinho em direcção ao carro. As nossas conversas de regresso a casa são até cada vez mais interessantes... Tirando esta situação, não sinto nenhum tipo de aversão dela relativamente a mim, em nenhuma circunstância.

 

E a pergunta impõe-se... Porquê? Digam-me de vossa justiça, mas por favor, evitem dizer que é apenas uma fase...

 

:o)))

publicado por mil sorrisos às 09:15
link do post | sorri-me | favorito
13 comentários:
De Sandra a 12 de Janeiro de 2010 às 10:12
Olha eu vejo isso, como uma adaptação a rotina...ou seja para eles que já sabem que os vamos buscar é normal , as minhas tb fizeram isso, alias a Leonor ainda o faz, primeiro ignora-me, depois é que se joga nos braços...acho que é uma maneira de dizerem que deixaram de ser bébés,...satisfeita?É que eu não sou psicóloga....loooooooooooool
De mil sorrisos a 12 de Janeiro de 2010 às 10:33
Satisfeita... por agora... Eeheheheh
beijos e mil sorrisos
:o)))
De Sandra a 12 de Janeiro de 2010 às 11:08
De maebabada a 12 de Janeiro de 2010 às 11:00
acho que deves desdramatizar, só quer dizer que esta satisfeita da vida a brincar, ja me aconteceu sair mais cedo achar que ia fazer uma grande coisa por ir busca-lo antes da hora normal e levar com um " mas a musica acabou mesmo agora, iamos brincar todos nos cantinhosa agora!" e pronto...embrulha!:;o)))

beijocas
De mil sorrisos a 12 de Janeiro de 2010 às 13:38
Sim, eu no fundo sei que é isso... Mas estava mal habituada! eheheh
beijos e mil sorrisos
:o))
De maed2 a 12 de Janeiro de 2010 às 12:30
É mais uma daquelas fases de que vais ter saudades quando ela passar para a fase seguinte! ;)
De mil sorrisos a 12 de Janeiro de 2010 às 13:38
Fases.... bahhhh Eehehehe
beijos e mil sorrisos
:o))
De mamaepedro a 12 de Janeiro de 2010 às 14:58
Ah pois, chama-se a isso crescimento e independência ;o)))

Beijokinhas
De mil sorrisos a 12 de Janeiro de 2010 às 22:02
Ó pá... já????? Aunda é cedo!
beijos e mil sorrisos
:o)))
De me a 12 de Janeiro de 2010 às 15:21
É uma fase!


Parece-me que ela se adaptou à rotina e consegue digerir melhor as saudades que tem de ti! :) Está a crescer e a tornar-se mais independente!

[acho eu! :p]

Bjoquinhas
De mil sorrisos a 12 de Janeiro de 2010 às 22:03
Ai... independência, já?? Náo quero! ehehhe
beijos e mil sorrisos
:o)))
De Lina a 12 de Janeiro de 2010 às 21:55
Desenvolvi uma teoria a este propósito:
possivelmente as nossas crianças não correm para os nossos braços pela simples razão de que nós quando chegamos lhes damos tempo para brincar mais um pouco. Ficamos a vê-las, damos dois dedos de conversa às auxiliares e educadoras e a quem lá estiver... E, pronto, elas não sentem aquela necessidade de ir embora. Sabem que estão à vontade. Ou, então, isto sou só eu a tentar convencer-me. Lol .
De mil sorrisos a 12 de Janeiro de 2010 às 22:05
Quer seja natural - que é o mais certo-, quer não, estas coisas mexem connosco, não é? Mas olha, Lina, elas amam-nos de paixão, acredito muito nisso. Querem armar-se em meninas grandes, é o que é!
beijos e mil sorrisos
:o)))

sorri-me

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS