sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Segunda-feira, 27 de Setembro de 2010

Nós e a música

Gosto de me considerar uma mãe moderna e divertida que não deixa de fazer algumas figuras verdadeiramente lamentáveis se achar que isso a aproxima mais da filhota de alguma forma. Claro que a música tem muito a ver com isto, senão vejamos:

. em locais públicos com música, canto em voz alta e incentivo-a a acompanhar-me, dou alguns passos de dança e incentivo-a a imitar-me, enfim...

. no carro, dançamos imenso as duas, sentadas, com os braços no ar e baloiçando o corpo ao ritmo do que toca;

. a Laura conhece e identifica perfeitamente as músicas de que eu gosto - eu vou-lhe dizendo as que prefiro, principalmente as que ouvimos na rádio - e ela própria me faz essa referência quando as ouvimos nesse ou noutro contexto- Olha, é aquela que tu gostas, mamã!

. sempre lhe cantei muito - aliás, sempre cantei, mesmo antes de a ter! -, é algo que me caracteriza, cantarolar! Como fixo muito facilmente as letras das canções, há poucas que me escapam. Quando ela era mais pequena, eu e o pai chegámos a inventar letras que adaptávamos a músicas conhecidas;

. conheço praticamente as músicas todas das séries/DVD´s/CD´s que ela tem/vê e divertimo-nos imenso a cantar e a dançar as duas - o pai não é tão dado a estas andanças...

 

Enfim, música é sinónimo de alegria, não conseguiria passar sem ela e é com todo o prazer que transmito este gosto à miúda. Pelos vistos, neste capítulo sai à mãe. A forma como a apanho a cantarolar sozinha, como me acompanha nas minhas cantorias, como inventa letras para músicas conhecidas não deixa enganar... o bichinho já cá canta!

:o))

 

publicado por mil sorrisos às 09:38
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS