sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

porque o meu sorriso tem um nome .... Laura Daisypath Happy Birthday tickers online
Terça-feira, 12 de Maio de 2009

Divisão de tarefas

Tratar de uma criança não é tarefa fácil, todos nós sabemos. Há mil e uma coisas a fazer, muitas vezes em autêntico passo de corrida! O ritmo alucinado das nossas vidas não nos permite fazer sempre as coisas com a calma que se desejaria. Muitas vezes nem sequer conseguimos fazê-las uma de cada vez, quanto mais! Por isso, a divisão de tarefas impõe-se.

 

Cá em casa nenhuma tarefa relacionada com a Laura está estipulada previamente para ser realizada pelo pai ou por mim. Na verdade, nós dois fazemos tudo e a Laura aceita de ambos a realização de qualquer tarefa, o que é perfeito em termos de gestão de tempo e coordenação de tarefas. Esta situação aconteceu naturalmente desde o início. O Zé é um homem que adora estar com a filha e fazer tudo com ela e por ela, sem qualquer tipo de melindre ou trauma de macho do género - Isso é coisa para a mãe.

 

Um exemplo concreto desta partilha é o que acontece de manhã, nos dias em que saímos ambos de casa ao mesmo tempo - três vezes por semana. A verdade é que em 45 minutos conseguimos tomar banho os dois, dar o leitinho à Laura, vesti-la e sair de casa:

 

. 6.30 toque de alvorada!

. eu tomo banho e arranjo-me enquanto ele aquece o leitinho e o dá à Laura - 20 minutos;

. depois trocamos, ele vai tomar banho e eu acabo de arranjar a Laura - troca de fralda, vestir, lavar a cara, pentear - 15 minutos;

. ele toma o pequeno-almoço rápido enquanto eu acabo de nos aprontar às duas - vestir casacos, pentear, perfumar, meter a mochila, a minha pasta e a Laura no carro ... - 10 minutos...

E voilá!

 

Noutras alturas tudo é partilhado - banho, refeições, mudas de fralda, adormecer, leitinho... Umas vezes um, outras vezes outro, muitas vezes os dois! A Laura aceita tudo da parte de ambos. Acho que melhor não podia ser. Somos duas mulheres de sorte!!!

 

:o)))))

 

 

publicado por mil sorrisos às 10:35
link do post | sorri-me | ver sorrisos (19) | favorito
Quinta-feira, 7 de Maio de 2009

Pépé?!

 

Um dia destes, numa conversa de manhã, enquanto a arranjava:

- Agora vamos calçar o pépé - termo utilizado nos primordios para designar pé/meia/sapato. Todos esses objectos eram corridos a pépé...

- Meia, mamã... - correcção dela.

 

Naquela altura senti um apertozinho no coração, sorri e dei-lhe um abraço daqueles  apertadinhos. A minha menina já não é bebé, está tão crescida a todos os níveis... Saudades...!!!

 

:o))))

publicado por mil sorrisos às 09:57
link do post | sorri-me | ver sorrisos (20) | favorito
Quarta-feira, 6 de Maio de 2009

Golpe baixo... mas pronto(s)!

É conhecida a aversão da Laura aos beijinhos. Abraços são aos molhos, apertadinhos, quentinhos, mas os beijos...  A única pessoa que tem dela os beijos que quer e não quer é o primito Diogo. Aos restantes - incluindo mãe, pai e a avó Gória que ela ama de paixão - apenas dá a cara quando se lhe pede um beijo. Encosta-a à nossa, à espera do nosso, a sacaninha. Às vezes, como que a gozar com o parceiro, faz isso e junta-lhe um sonoro muáaaaa, imitando o barulho de um beijito mais repenicado.

 

Pois a novidade é que eu descobri a fórmula para ser esbeijocada pela minha filhota a torto e a direito. Confesso que estou a usar abusivamente a nova técnica, mas pronto(s). Alguns diriam mesmo que é um golpe - muito - baixo, mas pronto(s). Pois que a Laura não pode ver a mãe - nem ninguém, note-se - com dói-dóis. Pois que a mãe agora anda com tantos dói-dóis assim no corpo todo, tadinha... Pois que a Laura cura tudo com umas beijocas bem dadas, na crença de que tem a cura nos beijitos repenicados. Ok, não devia, mas um dia destes explico-lhe... quando for maior... daqui a uns vinte anos... aposto que me vai perdoar!

 

Até lá... ai que me dói aqui... e ali... Ai!!!

 

:o))))

publicado por mil sorrisos às 10:49
link do post | sorri-me | ver sorrisos (20) | favorito
Terça-feira, 5 de Maio de 2009

2 em 1!

Duas colagens para ilustrar a Laura no sábado, dia do baptizado dos priminhos  e as prendinhas que ela me fez para o Dia da Mãe - saquinho com uma bonequinha linda, um postal maravilhoso e um tapete para o rato com a mãozinha dela impressa. Amei!

 

 

:o))))))))))))))))

 

publicado por mil sorrisos às 10:02
link do post | sorri-me | ver sorrisos (16) | favorito
Segunda-feira, 4 de Maio de 2009

A festa!!

Psiuuuuu... Sou eu, a Laura... A mamã está ali com os pés de molho, a descansar depois da festarola de sábado. Tadinha, os sapatinhos eram lindos e elegantes e confortáveis e tudo e tudo e tudo, mas ela correu tanto atrás de mim e dos outros meninos que não há pés que aguentem!!

 

Pois que a festa foi um sucesso e aqui a vossa amiguinha portou-se muito bem! Acordei às 9 da manhã e caí na cama às 21.30, sem dormir nada durante todo o dia e sem ter feito uma birra sequer!

 

A mamã foi a madrinha do Didi - priminho Diogo do meu coração, o único a quem não nego um beijo, eu que os dou a muito custo! - e esteve muito bem no seu papel. O Diogo foi um príncipe, nos seus 3 mesinhos e meio. Portou-se lindamente e nem chorou quando o Sr. Padre o molhou - que maldade, ele estava a dormir! A Manhanha - a outra priminha linda da Laura que fez dois anos nesse dia - já foi mais complicada. Barafustou aqui e ali, principalmente quando o Sr. Padre a quis benzer no peito e a molhou. Também, se fosse comigo também acho que não gostava! Enquanto isso, eu estive sempre muito quietinha ao colo do papá. A mamã de vez em quando olhava para trás - estava no altar - e sorria. Esteve tão bem!!

 

Depois foi a festa, numa quinta muito bonita e com muito espaço para nós nos "esticarmos". Bem, obrigámos muitos adultos a correrem atrás de nós! Eeheheheh Meia dúzia de crianças e metemos aquela gente toda em sentido, essa é que é essa. Mas pronto, é suposto ser assim! Fiquei na mesa dos meus avós e papá, que a mãe esteve na mesa principal. Comi muito bem ao almoço - como sempre, aliás - e depois foi brincar, dançar e correr até mais não!! Havia outros meninos da minha idade e da idade da Manhanha e lá nos divertimos uns com os outros. Eu sou sossegadinha e calma por natureza, vocês sabem, e estive sempre muito bem disposta, apesar de não ter dormido nada durante todo o dia. As pessoas ficaram encantadas comigo!! A Manhanha, enfim, é um furacão!!! Comeu mal e depois estava com muito sono e passou ali períodos de clara saturação e cansaço que derivaram em birras, mas pronto... Esteve sempre tudo em cima dela, é normal que entrasse em stresse de vez em quando. Tadinha, é difícil ser a rainha da festa!

 

Na generalidade foi um dia maravilhoso e tudo correu bem. O sol brilhou e abrilhantou a festa e podemos usufruir do espaço exterior. O melhor de tudo foi a amizade que eu travei com um menino de nome Tomás, de quatro aninhos. Lindo, lourinho, de olho azul e uns óculos que lhe davam um ar de menino crescido e muito inteligente - mesmo ao meu estilo! O Tomás foi o meu anjinho da guarda. Quando eu andava por lá a correr ele ia atrás de mim, pegava na minha mão e levava-me à mamã e ao papá que, nestas alturas, não tinham pernas para me alcançar - o que correram, coitados! O Tomás.. ai, ai, ai... que cavalheiro e que bem sabia o quentinho da sua mão!

 

E foi assim. Cantámos os parabéns à Manhanha - passei a semana a ensair com a mamã - e foi um dia em grande. De regresso a casa "apaguei" no carro, apesar de a viagem durar só 5 minutos. A mamã e o papá cuidaram de mim e eu já nem os olhos abri. Despiram-me, mudaram a fralda, vestiram o pijama e deram o leitinho e eu a dormir, tal o cansaço. Às 21.30 já estava na caminha a dormir profundamente...

 

Quanto ao vestidinho, senti-me muito bonita e vaidosa, mas concordo com a mamã - para correr e brincar não há nada como um bom par de calças. Só gostei mesmo quando me sentei nos degraus com o Tomás e ele colocou a mão no meu joelho, por baixo do vestido... Foi tão bom!!!

 

;o)))))

publicado por mil sorrisos às 09:36
link do post | sorri-me | ver sorrisos (6) | favorito
Domingo, 3 de Maio de 2009

Psiuuuu...

... só para dizer que hoje vou mimar a mamã como se não houvesse amanhã!!! Já lhe entreguei as prendinhas lindas que fiz na escolinha - ela depois fofografa e coloca aqui - e vou portar-me muitoooooooooooo bemmmmmmmmm. Não ralhes comigo quando te roubo as teclas, mamã querida, é que às vezes também dá vontade de te dizer o quanto te adoro, não podes ser só tu a falar de mim, ora essa!!!

 

Feliz dia da Mãe, mamã linda da Laura!!!

 

:o))))

publicado por mil sorrisos às 13:13
link do post | sorri-me | ver sorrisos (2) | favorito

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS