sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Terça-feira, 6 de Outubro de 2009

Lorigando...! (I)

Aproveitámos o fim-de-semana prolongado e os últimos dias quentes para ir até Loriga visitar os avós paternos. Já cá tenho falado desse local mágico, que dista certa de 18 quilómetros de Seia e 15 da Lagoa Comprida e que fica mesmo no coração da Serra da Estrela. De Verão como de Inverno, apetece sempre dar uma escapadinha até lá...

 

Para sábado, pensou-se numa passeata. Foram contactadas as pessoas interessadas por e-mail - Nádia, querida organista, correu tão bem! - foi convocado o nosso guia preferido João R., conhecedor apaixonado de tudo o que diga respeito a caminhos, trilhos, percursos pedrestes e pronto.... impunha-se uma caminhada!

 

O percurso escolhido foi Loriga - Cabeça, uma localidade que fica a cerca de 10 quilómetros de Loriga por estrada alcatroada. Por portas travessas, demorámos cerca de 3 horas. Saímos às 9, chegámos às 12h. Digo-vos... Um passeio de sonho! A Laura ficou entregue ao pai e juntei-me entusiasticamente a um grupo de seis e um canídeo - Mimoso, já te disse que és o meu novo herói?!

 

O tempo esteve fantástico, só começou a aquecer na recta final. Para quem conhece, aqui ficam alguns locais de passagem:

. estação de tratamento (Avenal) com visita ao Poço Forte;

. as Duas Pontes, local onde se juntam as duas ribeiras que circundam Loriga e que é rodeado de quintas e palheiras;

. o Outeiro de Domingodiz, com visita ao Poço do João Freire;

. o Serapitel, com as suas palheiras de xisto desabitadas e as bananeiras que, inesperadamente, as circundam. Aqui também visitámos o Poço da Broca;

. percurso, pela levada, até à Cabeça.

 

Os Poços são locais fantásticos, hoje escondidos pela vegetação, que autrora fizeram as delícias de miúdos e graúdos - era lá que se banhavam e muitos aprendiam a nadar, às escondidas dos mais velhos. Eu vou a Loriga desde 1991 e não cheguei a frequentar nenhum deles, mas conhecia as histórias e as aventuras...

 

A passeata fez-se por bom caminho - só houve lá uma zona de subida mais complicada e que me valeu um arranhão no pé esquerdo, nada de muito grave. Se não perdi a respiração devido ao esforço, perdi-a várias vezes por causa da paisagem... Maravilha! Dir-se-ia que deixámos o mundo, tal como o conhecemos, para trás e entrámos noutro em estado virgem, puro, protegido das mãos selváticas e destruidoras do Homem. A paisagem é surpreendente porque reveladora de uma nova abordagem do que é a Serra da Estrela tal como a conheço. A parte final foi feita ao longo da levada - canais de água feitos pelo homem e que facilitam o acesso à rega e a utilização de moinhos. Deixaria as fotos que colocarei noutro post falarem por si...

 

De resto, a companhia foi excelente e a conversa óptima e divertida. Esta gente, Loriguense de gema, sempre me fez sentir uma deles e a verdade é que, como já me disseram, sou mais da terra que muitos naturais que saem e lhe voltam as costas. Loriga é mesmo a terra do meu coração e fico muito feliz quando penso que a Laura tem a sorte de ter este cantinho sempre à sua disposição. Vai ser, certamente, uma criança mais feliz e respeitadora da natureza.

 

Uma nota de apreço à querida Nádia pela feliz ideia e ao fantástico João R. pelo percurso escolhido. Quanto ao canídeo Mimoso, digo apenas que insistiu em acompanhar sempre o dono - João R. -, apesar deste e de todos insistirmos para que se fosse embora e voltasse para trás. Nada disso, acompanhou-nos estoicamente e no final, para não ter de fazer o percurso inverso a pé, regressou connosco na carrinha que nos foi buscar à Cabeça e... vomitou, como já tinha faticinado o João. Daí a insistência para que não nos acompanhasse, é que o Mimoso enjoa sempre que anda de carro...

 

:o))))

 

publicado por mil sorrisos às 09:19
link do post | sorri-me | ver sorrisos (12) | favorito
Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

Sobre mim (IV)

E pronto, confirma-se... Estou a divertir-me imenso com a Oficina de Teatro e a dar perfeita conta do recado. Passado o susto inicial, eis que me lancei de cabeça em busca de informação, solicitando ajuda à esquerda e à direita. Posso dizer que sou uma mocinha de sorte, já que o meu apelo resultou em cheio e agora o problema é seleccionar a imensidão de documentos que me chegaram às mãos. Nem sei como agradecer a todas as colegas/amigas que sentiram o meu "aperto" e logo se prontificaram a ajudar-me.

 

Aqui, apetece-me fazer dois agradecimentos especiais. À querida Su, que apenas conheço do blog que ela dedica ao seu pequeno Eduardo, um grande obrigada. Tens sido incansável, uma querida! Sem me conhecer de lado nenhum prontificou-se a emprestar-me livros e a partilhar comigo imenso material - ai que ricos livros de receitas! - da disciplina de Expressão Dramática do curso que está a tirar. Meteu os colegas todos a mexer - grande Su! - e agora tenho literalmente centenas de páginas com jogos/actividades/exercícios que nunca mais acabam. A querida Lina também se prontificou a dar-me contactos, caso necessitasse! É tão bom quando a ajuda chega assim, de forma pronta e desinteressada!!

 

Devo dizer que a coisa tem corrido muito bem. As actividades que tenho implementado têm feito as delicias da miudagem, que tem correspondido com grande entusiasmo. Saio de lá de rastos - aquilo puxa pelo corpo! - mas muito satisfeita e com a sensação de dever bem cumprido. Finalmente! Estava mesmo a precisar de um desafio destes!

 

:o)))

publicado por mil sorrisos às 09:28
link do post | sorri-me | ver sorrisos (4) | favorito
Quinta-feira, 1 de Outubro de 2009

Já vos contei...

... daquela vez em que comprei um lindo par de sabrinas à Laura sem me aperceber que uma era o 22 e a outra o... 23?! Não?! Ai a minha cabeça!

:o)))

 

publicado por mil sorrisos às 13:32
link do post | sorri-me | ver sorrisos (14) | favorito

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS