sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Segunda-feira, 10 de Novembro de 2008

Eu desci a avenida!!

Pois foi, no sábado, dia 8 de Novembro, lá desci a avenida ao lado do papá, da mamã, da madrinha, do tio Zé e de mais uma centena de milhar de professores! Tanta genteeeeeeee! Vou-vos contar tudo, que a mamã está ali entretida a fazer não sei bem o quê. (É impressão minha ou as mamãs estão sempre a fazer qualquer coisa?? Mãe-professora então... xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!)

 

Chegámos ao Terreiro do Paço por voltas das 15 horas, depois da minha primeira viagem de metro. O carro ficou na zona das Picoas, para facilitar o regresso. Claro, primeiro a fila para comprar bilhetes, que afinal muitos tiveram a mesma ideia que nós. Depois o encontro com a Mimi e o Zé, na plataforma do metro, e quem encontramos?? O excelentíssimo deputado Francisco Lousã, em posse de quem espera por alguém. A Mimi esteve-não-esteve para o cumprimentar, mas não se decidiu, ao contrário de outros populares que o fizeram bem ali à nossa frente. Quando chegou o metro entrámos numa carruagem que já vinha um pouco/muito apinhada e eu... assustei-me e choraminguei. Era muita gente!!! Fui ao colo do papá e o tio Zé levou o meu carrinho, que numa ou noutra ocasião foi um impecilho, mas pronto... Alguém nos cedeu o lugar e eu e o papá fomos sentadinhos e confortáveis. Depressa acalmei e acabei por gostar daquela experiência. Quando se olha pela janela vê-se tudo a andar muito depressa, é um bocado alucinante, não é? Acho que vou gostar de metro quando for maior...

 

Quando chegámos ao Terreiro do Paço... que desilusão!! Aquelas obras nunca mais acabam?? Que barulheira fazem aquelas máquinas! Bem podiam ter interrompido um pouco os trabalhos durante a manif... Já muita gente por lá estava e o comício já estava ao rubro. Estivemos por ali um pouco e fomos ao encontro dos coleguinhas da madrinha. Entretanto, eu deambulei entre  fases de aborrecimento - também, com tanta coisa a acontecer a quererem ter-me no carrinho, não é justo! - e fases de divertimento - o pai lá me arranjou um pau de uma bandeira que fez as minhas delícias.

 

O pau da bandeira é meu... ninguém mo tira!!!!!!!

 

 

O seu a seu dono... assim já estou a gostar mais!

 

Foi ali que estivemos no aperto, uma seca de mais de uma hora praticamente parados no mesmo sítio, sem conseguirmos entrar sequer na Rua do Ouro para começar a marcha. Que chatice! Lá me foram entretendo com as folhinhas com as letras das músicas feitas a pensar, com todo o amor e carinho, na nossa Sinistra. Ele foi chapéus, ele foi barquinhos, ele foi não sei mais o quê... mas eu aguentei-me à bronca! De vez em quando tinha de estar ao colo - queria ver tudo! Lá ouvimos os comentários da ordem Tadinha da criança, nestas andanças... (já cá faltavam...), Professora não vais ser, de certeza... ao que a mamã respondia, Não, que a mãe não deixa!! e outras conversas de circunstância. Percebi que as pessoas estão descontentes, que a mamã e a Mimi têm uma profissão tramada e muito pouco valorizada. Eu queria dizer à  senhora sinistra que a mamã tem pouco tempo para mim, mas não a encontrei por lá, o que foi pena.

 

Bem, acabamos por fazer batota e saímos do barulho para atalhar por becos e vielas e ir dar directamente ao Rossio. Aí sim, largueza e condições para nos pormos em marcha, masfoi nessa altura que adormeci. Abreviando, o caminho entre o Rossio e o Marquês foi feito a dormir!! No meio daquele barulho, palavras de ordem, etc e tal, a vossa amiga... dormiu!! E que bem me soube! Entretanto já era noite cerrada. Acordei já a chegar a Picoas, depois de deixar a manifestação para trás. Fomos a uma pastelaria beber alguma coisa e fazer tempo para jantar por ali mesmo. Comi muito bem pernil com arroz e a frutinha. Claro que fiz as delícias dos clientes/empregados do restaurante. Tinha dormido uma grande sesta, estava alimentada, queria era festa!! Desde invadir a cozinha até tentativas de diálogo com um tursta inglês que estava encantado comigo, não houve nada que não acontecesse. Sai de lá a distribuir sorrisos, simpatia e a dizer adeus à esquerda e à direita. Sabem, estive sempre com a mamã debaixo de olho... que babada!!! Ai, a minha mãe é tão vaidosa! Adora ver estas reacções dos outros relativamente a mim, fica mesmo derretida. Ando cá a pensar... Será muito mau oferecer-lhe um mega-hiper-super babete no Natal? Acho que precisa... Tem é de ser com as cores da moda, para condizer com o resto da roupinha dela.

 

E, para não variar, estou a esticar-me. Não consigo escrever pouco, caramba! Para concluir, tenho de dizer que este foi um dia para mais tarde recordar. Sei que me vão contar, mais tarde, daquela vez em que fomos à manifestação que juntou 120 mil professores revoltados contra um sistema de avaliação injusto, penalizador e completamente absurdo. Sei que a mamã não vai esquecer aquele minuto de silêncio de reflexão que calou 120 mil almas com um silêncio ensurdecedor. Sei que ela está, cada vez mais, a pôr em causa a sua vocação e a questionar se valerá a pena continuar..., mas que olha para mim todos os dias e que o meu sorriso devolve-lhe parte do alento perdido a cada dia que passa. E pronto...

 

:o))))))

publicado por mil sorrisos às 09:36
link do post | sorri-me | favorito
5 comentários:
De maebabada a 10 de Novembro de 2008 às 10:52
mais que uma profissão é uma vocação...mas percebo, vê-se e ouve-se tanta coisa e tanta falta de apoio...

enfim, faz o que for melhor para ti e para a Laura:o))

beijocas
De Raquel a 10 de Novembro de 2008 às 11:08
Olá sobrinha mai linda da tia!
Pois a tua mãe, podia ter -te deixado lá na casa da tia, tão pequenina e já nestas coisas, depois queixa-se que és revolucionária!
Bjs e porta-te bem (mal)!!!
De me a 11 de Novembro de 2008 às 16:01
Em relação ao tema da manifestação, não comento pois tenho opiniões controversas dentro de mim. De quem é a culpa, não sei, mas está muita coisa mal no ensino público deste país e tenho unicamente como certo que quem perde são os alunos.

Já da Laurinha e assim de pau de bandeira em punho, está... de se comer. Está tão linda!
Beijinhos para as duas
De energia-a-mais a 11 de Novembro de 2008 às 23:51
Lol! Com que então já nas manifs?! acho bem, é de pequenina que se aprende a agarrar a bandeira! Olha a mamã que cuide com carinho da sua profissão, é que isto de ser prof já foi mais fácil...mas é sem dúvida uma das mais importantes profissões para qualquer sociedade, por isso que a mamã a defenda bem...
Beijinhos ás duas
De Mar Gui a 16 de Novembro de 2008 às 22:58
Deve ter sido uma manifestação muito poderosa. è bom ver os professores tão unidos, espero que consigam o que querem :)

Mudei o endereço do meu blog, agora é avidacontigo.blogspot.com. Os motivos estão lá explicados.
Peço-te para mudares o nome e o link no teu blogue.
Desculpa lá a trabalheira.
Beijocas


sorri-me

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS