sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Quinta-feira, 26 de Março de 2009

Para rir e reflectir

É sabido que, na generalidade, os hábitos de leitura são praticamente nulos. Não é segredo que a leitura imposta nem sempre - ou quase nunca - resulta. Todos os estratagemas são válidos para levar as crianças/jovens a lerem pelo prazer de ler. Iniciativas como o Plano Nacional de Leitura, implementado em todos os níveis de ensino com carácter obrigatório, são importantes e válidas. No entanto, esta problemática é muito mais complexa e passa por situações tão graves quanto a falta de sentido critico relativamente ao que se lê.

 

O exemplo que se segue retrata uma situação recente. Trata-se de uma resposta a uma questão de um teste de Ciências Físico-Químicas dada por um aluno meu, do 7º ano, neste final de período. É claro que a primeira reacção é rir a bandeiras despregadas, como é uso dizer, mas analisando a coisa a fundo, é grave...

 

Pergunta

 

Comente a frase:

"Os astronautas pesam menos na Lua do que na Terra, mas não ficam mais magros."

 

Resposta

Os astronatas pensam menos na Lua do que na Terra, na Lua os astronautas tão sempre a rodar de um lado para o outro e têm mais dificuldades a pensar e na Terra há mais ar puro e dá para pensar melhor.

 

Há criatividade - que há! Há originalidade - que há! Mas, caramba, como é possível ler pensar em vez de pesar e achar a questão normal???? Onde está o senso comum que nos leva a achar  estranhas algumas situações e a reflectir sobre elas?! Para compor o ramalhete, a questão anterior a esta era um problema em que o aluno tinha de calcular o valor do peso de um corpo com 50 kg, na Terra e na Lua. Enfim, sem mais comentários...

 

 

publicado por mil sorrisos às 09:54
link do post | sorri-me | favorito
12 comentários:
De me a 26 de Março de 2009 às 10:17
Mas sabes que mais, eu não vejo a grande maioria dos pais preocupados em dar cultura aos miúdos.

Sinceramente vejo os pais muito mais centrados neles próprios do que no desenvolvimento dos filhos. E não falam...

Faz-me aflição!
(é a minha opinião)

Juro que não achei graça nenhuma à resposta!

Bjoquinhas
De mil sorrisos a 26 de Março de 2009 às 14:33
Infelizmente é como dizes... Muitas destas questões passam pela ausência dos pais enquanto educadores e orientadores...
Beijos e Mil Sorrisos
:o)))
De maebabada a 26 de Março de 2009 às 14:05
poisss, eu sempre achei que muitas respostas erradas a testes se deve à leitura em diagonal das perguntas...lêem aquilo por alto, como se 80% da responsabilidade de dar uma resposta certa não fosse entender bem o que se pergunta...é grave, é o mal do nosso pais, faz-se tudo em cima do joelho...à pressa, sem grandes pensamentos ou análises

beijocas
De mil sorrisos a 26 de Março de 2009 às 14:34
É uma despreocupação e uma preguiça mental que mete impressão! Enfim... triste!
Beijos e Mil Sorrisos
:o)))
De mamaediogo a 26 de Março de 2009 às 14:11
Nem sei o que te diga...que tem muita imaginação tem...mas tb muita distracção......

Beijocas grandes
De mil sorrisos a 26 de Março de 2009 às 14:34
O mais grave é a tal falta de sentido crítico... Como é possível ler aquilo mal e nem dar conta?!
Beijos e Mil Sorrisos
:O)))
De Raquel a 26 de Março de 2009 às 14:37
, bem, sem comentários!
De mil sorrisos a 26 de Março de 2009 às 15:02
Entre o riso e a reflexão, estas histórias explicam muita coisa...
Beijos e Mil Sorrisos
:o)))
De anjomarsil a 29 de Março de 2009 às 23:50
Os astronautos não se aperceberam!...
De mil sorrisos a 30 de Março de 2009 às 18:12
Eu acho é que ele - o aluno - é mesmo da Lua ou, pelo menos, vai lá muitas vezes e depois fica confuso...Enfim!
Beijos e Mil Sorrisos
:o))))
De energia-a-mais a 30 de Março de 2009 às 13:16
Pois amiga! Como dizes é preocupante sim! Lá está um exemplo mais em como é necessário mudar muita coisa!
Beijocas
De mil sorrisos a 30 de Março de 2009 às 18:13
Muita coisa mesmo!!!! Este é um exemplo caricato, mas apenas um de muitos que nos passam quase diariamente pelas mãos...
Beijos e Mil Sorrisos
:o))))

sorri-me

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS