sorrisos antigos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2014

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Segunda-feira, 10 de Maio de 2010

Post a pedido...

... da Lina - e para memória futura! -, eis-me a falar um pouco do desfralde da Laura.

Começámos lá para finais de Junho do ano passado - altura em que fez dois anos -, mas só em casa, nos finais de dias. Optei por lhe começar a tirar a fralda e a vestir-lhe cuequinhas, nada de fralda-cueca, nunca fui muito apologista dessa modalidade porque me parece que é trocar uma fralda por outra... A fase inicial foi a mais complicada, com muitos descuidos seja por estar na brincadeira, seja por avisar que quer, mas não conseguir "esperar". Curiosamente, a Laura começou por fazer as necessidades de carácter sólido sempre no bacio, os xi-xis é que foram sempre mais complicados. A nossa estratégia, para além de lhe perguntarmos com frequência se queria ir ao bacio, era termos vários pela casa, nomeadamente nos locais por onde ela passava. Assim era mais fácil agir a tempo... Também a habituámos cedo à sanita - com e sem redutor - para que não criasse aversão e resultou.

Com as férias - finais de Julho -  passou a usar cuequita durante todo o dia, com fralda só durante a sesta e a noite. Devo dizer que, para mim, foi uma guerra de nervos... rsrsrsrrssr... sempre em sobressalto, sempre a perguntar se queira, sempre preocupada com as não sei quantas mudas de roupa atreladas... Suponho que é mesmo assim, nada a fazer, mas põe-nos à prova!

O mês de Agosto foi o ponto de viragem. Houve muitos descuídos em casa e fora de casa, algumas situações complicadas, mas pronto, lá se passou. Estivemos o mês inteiro na boa-vai-ela, fora de casa. Optei por lhe vestir mais vestidos ou saias porque facilita muito o processo de fazer tudo no bacio/sanita, para além de que sempre se poupa alguma roupa - ou não, enfim...! - se houver descuidos. Na praia usou sempre a sua cuequita bikini. E foi assim que, em meados de Agosto, se tirou a fralda da sesta - ela acordava com ela sequinha e fizemos a experiência. Claro que era obrigatório fazer xixi antes da sesta e assim que acordava.

Foi das primeiras crianças a regressar ao infantário já sem fralda. Em Setembro trouxe para casa as fraldas que ainda lá tinham ficado e deu-se o desfralde diurno por concluído. Entretanto, em meados de Outubro, começámos também a fazer a experiência da noite sem fralda. Eu acordava e ia com ela à casa de banho e assim se mantinha sem fazer xi-xi. A coisa resultou durante umas 3 semanas... mas depois veio a chuva... e o frio... e eu às vezes não acordava ou já me custava sair da cama... e a ela também... e pronto, voltámos um pouco atrás. O regresso da fralda à noite aconteceu durante o Inverno e estou agora a (re)começar essa batalha... Entretanto, na escola, aconteceu o mesmo com a sesta. Houve uns descuidos sucessivos que obrigaram ao regresso da fralda durante a sesta e assim se passou o Inverno. Com o regresso do bom tempo, a Laura deixou novamente de fazer xi-xi durante a sesta e a já não usa fralda no infantário há uns dois meses de forma definitiva. Portanto, neste momento ela usa só a fralda para dormir, mas já fiz a experiência uma noite destas sem fralda e a coisa correu bem, pelo que voltamos à carga...

Em termos gerais acho que correu/tem corrido bem. Houve retrocessos, mas como sempre ouvi dizer que a chuva/Inverno traz esse problema deles voltarem a molhar a cama, encarei-o com normalidade e não fiz disso um bicho de sete cabeças. Agora, e depois de não sei quantos meses nisto, a situação é esta - filha abençoada!

De resto recomenda-se muita paciência, alguma agilidade em termos de resposta às solicitações da criança, conhecimento de como esta funciona em termos de horários - se elas são certinhas nas horas a que fazem as suas necessidades torna-se mais fácil - e, principalmente, muita resistência à tentação de ralhar e envergonhar a criança - acreditem, é a primeira reacção! Antes devemos usar o reforço positivo, elogiando e fazendo uma festa cada vez que a coisa corre bem.

E é isto. Boa sorte a quem começa agora esta verdadeira aventura pelos caminhos tortuosos do desfralde!

:o))

 

 

publicado por mil sorrisos às 08:44
link do post | sorri-me | favorito
14 comentários:
De energia-a-mais a 10 de Maio de 2010 às 11:37
muito esclarecedor! acho que o fundamental é entender que cada criança tem o seu ritmo próprio e não ficar stressada com os retrocessos!
beijinhos e uma semana pouco «molhada»!
De mil sorrisos a 10 de Maio de 2010 às 20:15
Não me posso queixar da laura, tem estado à altura dos desafios que lhe vou colocando, mas se não estivesse estava bem na mesma... Respeitar o ritmo de cada um é memso fundamental!
beijos e mil sorrisos
:o)))

sorri-me

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquise sorrisos antigos

 

últ. sorrisos

Momentos mesmo giros!!!
Olá. O meu sobrinho tem, neste momento, seis anos....
Olá.. Achei interessante a publicação.. Tenho minh...
Verdade. Ela gosta e sente-se bem na companhia dos...
Parece que a casa fica vazia... mas é tão bom ver ...
Estão como têm de estar... quer dizer que são cria...
... e que vaidade! Tira-me do sério!beijos e mil s...
Welcome back Estão reguilas e desafiadores, não é?...
ahah as crianças são uns amores.Está na idade da v...
Back!?!!! Ainda bem. Estava a ficar preocupada.. :...

Posts mais comentados

27 comentários
26 comentários
24 comentários
23 comentários
21 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
RSS